Algumas pessoas possuem uma boa condição financeira para aproveitar o Carnaval, enquanto outros juntam dinheiro o ano todo para gastar nessa época. Na verdade, o ideal é se planejar com antecedência e impor limites nos gastos. 

Mesmo que você seja um desses sortudos que já tem o recurso para consumir e se locomover no feriado, é sempre bom procurar maneiras de economizar e gastar menos. 

Além disso, ainda é comum encontrar os foliões despreparados, sem dinheiro e sem planejamento, mas com muita vontade de curtir o Carnaval. Estes, principalmente, vão precisar de muita ajuda financeira nesse fim de semana.

E ainda tem pessoas que ao invés de curtir a folia e consequentemente gastar dinheiro, pensam o contrário, querem trabalhar para ganhar uma grana.

Independentemente de sua atual situação, o UNUM selecionou algumas dicas para te ajudar a enxugar seu orçamento e economizar na folia. Confira abaixo.

1 – Defina Um Limite Máximo

Antes de tudo, é preciso definir até quanto você pode gastar no feriado de Carnaval, sem contar com os gastos no cartão de crédito. Após definir o valor total, divida ele pelos dias que vai curtir a folia. 

Por exemplo: Se você tem R$ 400 e pretende sair para festejar 4 dias, você terá um orçamento de R$ 100 diários para gastar e seu planejamento será em cima desse valor. 

2 – Economize no Transporte

Se você vai viajar, não deixe de procurar algum amigo ou familiar para ir com você e dividir a gasolina, além do volante, claro. Essa iniciativa faz você economizar com passagens individuais e te permite ter um meio de transporte no local onde vai se hospedar mais barato do que aplicativos.

Mas o transporte também é contado para sair na folia e ele é um dos vilões do “sumiço” do dinheiro no Carnaval. Isso porque as pessoas tendem a se locomover com carros de aplicativos ou táxis, e se esquecem que, durante grandes eventos ou horários da madrugada, por exemplo, as bandeiras cobradas são mais caras.

Para economizar nesse transporte, recomendamos que você junte três ou quatro pessoas que vão para o mesmo local, ou região próxima e dividam o valor da viagem. Além disso, procure ao máximo usar transportes públicos de dia, para gastar menos.

3 – Abuse Das Promoções

Se você tem o aplicativo PicPay, fique de olho pois ele oferece várias promoções de cashback e você pode usá-lo para realizar transferências interpessoais e pagamentos em estabelecimentos.

O aplicativo Uber e 99 também oferecem semanalmente cupons de desconto para seus usuários.

Procure fazer uma refeição em casa antes de sair e, no meio do dia, outra em algum estabelecimento próximo, usando descontos das bandeiras do seu cartão de crédito ou cupons de sites de compras coletivas, assim, gasta só com bebida e alimentos industrializados durante a comemoração.

4 – Economize na Hospedagem

Saiba que a opção de se hospedar em hotel não é a única quando se está em uma cidade que não é a sua. Na verdade, você só precisa de um chuveiro e uma cama pra descansar, não é mesmo?

Então vale a pena considerar opções mais baratas como Hostels, ou aplicativos como Airbnb, além disso, você também pode ficar na casa de um amigo ou conhecido na cidade e economizar ainda mais.

É bom se certificar se a hospedagem está localizada próximo aos acessos do transporte público para gastar menos com transportes.

5 – Economize na Alimentação

Como já falamos, é bom sair com o estômago cheio de casa e levar sua própria bebida, se possível. Em um supermercado, por exemplo, o valor da água sai a menos de R$ 1,00 e a cerveja a R$ 2,00. Se você for comprar na rua esses produtos, o valor é o triplo.

Por isso, se a situação estiver muito apertada, recomendamos comprar toda as suas bebidas e alimentos industrializados em um supermercado antes do evento, e deixá-los na geladeira do local onde está hospedado. 

O interessante é levar o seu próprio cooler e garantir, pelo menos as 4 primeiras horas da festa com bebida gelada e barata. Depois desse período, compre um lanche reforçado e não deixe de se hidratar.

LEIA TAMBÉM
> Melhores Cartões de Crédito Para Pular o Carnaval Com Controle Financeiro
> Troca de Cartão, Valor Errado, App do Banco: Evite Golpes Durante Carnaval
> Veja Algumas Dicas Para Aproveitar o Carnaval Gastando Pouco!
> Esses 50 Trabalhos Podem Render R$ 500,00 por Mês e Você Não Sabia Que Existiam

6 – Cuide da Sua Segurança

Essa dica também faz parte da economia então, é recomendado que você não deixe seus itens de valor em uma bolsa. Invista em doleiras (espécie de pochete que fica rente ao corpo e debaixo da roupas) para colocar só o básico: celular, documento e dinheiro/cartão.

Caso vá usar cartão de crédito, fique atento para que os vendedores não passem ele na maquininha longe de seus olhos, veja se o valor digitado é realmente o que gastou e, sempre que recebê-lo de volta, confira se o cartão é realmente seu.

Se o seu aplicativo permitir, configure o limite do seu cartão de crédito para o teto de gastos que você mesmo estabeleceu para não correr o risco de gastar mais do que pode e, boa folia!

7 – Faça Sua Própria Fantasia

Outro ponto importante. Se quer gastar pouco, nada de alugar fantasia. Você pode se juntar com alguns amigos, ir até uma loja que vende acessórios e solicitar desconto no atacado de chapéus, óculos e afins.

Além disso, com um pouco de criatividade, sempre é possível reformar alguma roupa antiga e transformá-la em fantasia, ou pegar alguma coisa emprestado.

Se for comprar alguma coisa, pense em peças coringa, que não são específicas para o Carnaval e você pode usar durante o ano todo como, shorts prateados, suspensórios, roupas com babados e sapatos coloridos.

8 – Seja Um Empreendedor

Imagine curtir a agitação, a alegria, participar das atrações nas ruas e ainda ganhar dinheiro? Sempre é bom fazer uma renda extra, no Carnaval ainda por cima, quem não quer uma oportunidade dessas?

Se a grana está curta e você mora perto de algum lugar que vai passar um bloco, por exemplo, você pode curtir, e ainda ganhar um dinheirinho vendendo água, cerveja, geladinho, salgadinhos e até mesmo acessórios enquanto se diverte.

9- Pense na Possibilidade de Curtir Em Outros Lugares

Se você já fez as contas e percebeu que não tem dinheiro para curtir todos os dias, ao invés de recorrer a um empréstimo, ou até mesmo crédito, pode pensar na possibilidade de ficar um dia em casa assistindo filme com os amigos, aproveitar o feriado para visitar algum parente ou ir em lugares gratuitos como parques ou praias.

Fazendo isso, o valor que seria dividido em 4 dias, por exemplo, será para três, ou dois. E você terá um limite maior nas diárias.

Mas se preferir agitação, existem muitos blocos de rua, talvez até próximo da sua residência, que te permitem curtir sem pagar nada e você pode sair de casa já com a barriga cheia e levar sua própria bebida em um cooler, por exemplo, assim você economiza na entrada e no consumo.

Quando você se planeja antes de gastar, é mais provável que fique livre da “ressaca financeira”, que é quando você gasta demais por impulso e, no outro dia, chora e sente na pele o que é estar sem dinheiro e sem saber como vai pagar as contas.

10 – Escolha os Dias da Folia

É comprovado que os blocos de Carnaval são mais baratos na quinta e na sexta feira, pois são dias mais vazios e que muitos turistas ainda não chegaram.

Se deseja curtir um programa mais caro nesse feriado, escolha esses dias e aproveite o desconto oferecido nas atrações, como o Bloco Nana Banana, vendido na Central do Carnaval,que sai na quinta por R$ 350 (Timbalada), na sexta por R$ 690 (Chiclete com Banana) e no sábado por R$ 840 (também com Chiclete). 

Considerando a mesma atração, o sábado sai 21% mais caro. Também é possível encontrar camarotes por R$ 12 mensais e blocos por R$ 10 (ambos em dez vezes sem juros).

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*