Após algumas semanas incertas, a Bolsa de Valores brasileira engatou um movimento de alta nos últimos dias, chegando a superar seu maior patamar da história de 107 mil pontos. Sabe-se que o indicado para comprar ações é quando as mesmas estão em baixa, mas será que ainda dá tempo?

De acordo com especialistas ouvidos pela InfoMoney, a Ibovespa deve seguir avançando e ainda dá tempo de aproveitar seu crescimento. Mesmo assim, a alta da bolsa não deve ocorrer exageradamente rápida, mas as expectativas são boas.

De acordo com Gabriel Francisco, analista da XP Research, a Reforma da Previdência traz consigo estabilidade política e projeções de melhoras na economia do país. “Isso por si só já justifica uma aceleração da Bolsa”, afirma.

Com a Reforma, é provável que as taxas Selic caiam mais ainda, abrindo espaço para a migração dos investidores da renda fixa para a variável e impulsionando a Bolsa mais uma vez. “A XP Investimentos tem projeção para o Ibovespa este ano em 115 mil pontos, enquanto para 2020 a expectativa é que ao indicador chegue aos 140 mil pontos, mostrando que a alta deve ocorrer no médio e longo prazo.”

Investimento Estrangeiro

Os analistas Matheus Soares e Thiago Salomão da Rico investimentos, acreditam que outro fator decisivo pra a alta da Bolsa seria o retorno do investimento estrangeiro ao país. “Isso é importante porque até agora os gringos ainda não haviam se animado com o Brasil. Como eles representam mais da metade do volume negociado na Bolsa, é muito importante que estejam comprando Brasil para que o rali continue”, afirmam.

Os principais indicadores apontam para uma retomada da atividade econômica nos próximos meses, e, se isso de fato acontecer, é um fator que dá suporte à valorização das ações da Bolsa para investimentos estrangeiros, além de outros pontos como a Reforma Tributária e a agenda de privatizações.

“Isso tornará o Brasil menos dependente de ciclos políticos à medida que o setor público encolhe”, completa Mathieu Racheter, estrategista de ações do banco suíço Julius Baer.

Otimismo Também Nos Gráficos

Gestores, analistas e especialistas em finanças estão otimistas com a grande possibilidade da alta na Bolsa de Valores brasileira, inclusive, Gustavo Almeida, da Rico investimentos, prevê que o índice subirá até 113.394 pontos até o fim do ano.

Almeida não espera ter dificuldades nessa caminhada rumo ao crescimento com influências externas – como ocorreu com a guerra comercial entre EUA e China – e acredita que em breve a Ibovespa vai fazer seu movimento gráfico até os 113 mil pontos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*