A famosa Black Friday acontece no mês de novembro e faz parte do calendário do consumidor brasileiro desde 2010.

O evento é inspirado em uma iniciativa do comércio dos EUA e sua maior característica é oferecer produtos e serviços com descontos significativos.

Com a proximidade da data, infelizmente, diversas lojas virtuais aumentam seus preços com a intenção de diminuí-los na semana da Black Friday e oferecer falsos descontos nessa data.

Com essa tática, muitos consumidores compram no dia da festividade acreditando que estão fazendo um bom negócio, quando na verdade estão comprando determinado produto/serviço pelo mesmo preço, ou muitas vezes, por um preço maior.

Em Defesa Do Consumidor

Atentos a essas fraudes, vários órgãos de defesa do consumidor costumam intensificar a fiscalização nessa época do ano. Um exemplo deles é o Procon da Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

O coordenador do Procon Marcelo Barbosa analisa que a Black Friday “é uma oportunidade para que lojistas provem sua capacidade de manter uma relação comercial transparente com os consumidores, oferecendo descontos reais nos produtos anunciados”.

Por causa disso, ele acredita que a honestidade sempre deve prevalecer, até porque nenhum comerciante é obrigado a oferecer promoções, mas se o fizer, deve merecer a confiança dos clientes.

Outro risco que os consumidores estão expostos principalmente nessa época é o do famoso golpe do site falso, onde criminosos criam páginas de empresas fictícias ou que imitam lojas conhecidas.”Qualquer abuso detectado será prontamente combatido com os instrumentos previstos pelo Código de Defesa do Consumidor”, afirma Marcelo Barbosa.

Por isso, para evitar problemas nessa data, o Procon alerta os consumidores.

Procon da Assembléia Legislativa de Minas Gerais orienta

  • Não compre por impulso. Avalie se realmente precisa do item e se essa compra não vai desequilibrar suas contas
  • Durante as próximas semanas, pesquise a evolução do preço do produto que pretende adquirir, bem como as condições de pagamento disponibilizadas pelos diversos fornecedores. No dia 29, confira se o produto faz parte da Black Friday e compare seu preço com os que você coletou
  • Compare os preços dos produtos que deseja adquirir também em estabelecimentos diferentes para ter certeza de que vai comprar pelo melhor preço e com as melhores condições
  • Confira se o produto que você deseja adquirir existe de fato no estoque da loja. Há registros de casos em que o consumidor comprou um artigo pelo preço promocional mas a loja não entregou alegando falta de estoque. Se isso acontecer, o consumidor tem três opções: exigir o cumprimento forçado da oferta, aceitar um outro produto pelo mesmo preço pago ou ainda receber de volta o dinheiro que pagou
  • Para se certificar que não está entrando em um site falso, não acesse links recebidos pelas redes sociais. Procure o nome da loja diretamente no Google e obtenha o link correto. Como o Google alimenta o ranking com variáveis de reputação, sites falsos têm dificuldade de aparecer no topo da pesquisa.
  • Grave todas as telas e comunicações eventualmente realizadas com o fornecedor
  • Algumas ferramentas do Google, como o Google Maps e o Street View, podem ajudar a descobrir se o endereço fornecido no site realmente existe
  • Verifique se o site é seguro: no momento da transação, confira se no canto inferior da tela há um cadeado ou chave. Atualize seu programa antivírus, bem como os programas de monitoramento contra spywares e firewall
  • Fique atento à reputação do vendedor. Verifique depoimentos, reclamações e as avaliações da empresa. Os sites Reclame Aqui e Consumidor.gov.br são boas fontes para essas informações
  • Guarde todos os dados da compra, como o nome do site, produtos pedidos, valor pago, forma de pagamento, data de entrega do produto e número de protocolo da compra ou do pedido, se houver
  • Em caso de reclamação ou dificuldade, procure o Procon de sua cidade
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*