A Black Friday de 2019 no Brasil promete ser maior do que os outros anos tanto em vendas, como em integração entre compras online e lojas físicas.

Em uma pesquisa encomendada pelo Google e realizada pela consultoria Provokers que ouviu 1500 consumidores de todas as regiões em julho de 2019, foi relatada que a expectativa dos consumidores é de usufruírem de facilidades na hora de comprar, pagar e receber os produtos.

Essa conveniência está tendo mais prioridade do que o tamanho dos descontos, no momento e além de buscarem por isso, a pesquisa aponta mais outra tendência este ano: a venda em múltiplos canais.

Preço x Conveniência

Uma das grandes revelações da pesquisa é a procura dos usuários por produtos de qualidade. 54% dos entrevistados afirmaram que um fator importante na decisão da compra é a confiança na loja e no serviço prestado.

Assim, 16% dos consumidores compram por confiar na loja, e 13% confiam na marca ou no produto.

Mesmo sendo um grande evento, nem sempre a Black Friday agrada os compradores no quesito valor, um exemplo disso é que 61% dos entrevistados acham que os preços dos produtos estão iguais ou mais caros do que nos outros dias e, muitas vezes, só compram nessa data por opções mais interessantes como maior parcelamento de compras, frete grátis ou tempo de entrega reduzido

Mesmo ouvindo falar cada vez mais de cashback, apenas 23% dos compradores sabem o que é isso e dentre eles, só 60% mostra de fato, conhecimento sobre o assunto.

Muitas vezes os clientes preferem a conveniência na hora de comprar, é muito mais cômodo receber o produto em casa do que ter que enfrentar lojas cheias para adquirir a mesma mercadoria, por exemplo. Pensando nisso, as lojas estão cada dia investindo mais em e-commerce e aplicativos para aumentar o consumo.

Era Digital da Black Friday

Em 2019, o número de compradores de lojas físicas promete ser muito semelhante ao das lojas online. Isso se deve ao fato dos consumidores optarem pela compra multicanal.

A maior característica das empresas multicanais é oferecer opções diversas na hora de concluir a compra: site, loja física e televendas, por exemplo. Hoje muitas empresas oferecem compras pelo aplicativo e retirada na loja física. Isso pesa na hora do cliente escolher pois ele não precisa pagar o frete e, se tiver alguma loja perto da sua casa, economiza nisso.

A pesquisa mostra que apenas 27% dos consumidores decidem comprar na hora em que estão na loja. Por outro lado, 74% dos consumidores chegam à loja com uma ideia do que procuram ou até mesmo com intenção de comprar em determinado lugar.

Participando das compras multicanal, também estão os aplicativos que vem ganhando muito espaço nas compras brasileiras.

De acordo com os dados recolhidos, 57% dos compradores já realizaram compras por um aplicativo e podemos confirmar como um bom ponto de interesse na black friday porque dias antes da data a taxa de downloads de app de compras cresce em torno de 27%.

Sendo assim, de acordo com informações extraídas da pesquisa realizada pelo Google, cerca da metade dos consumidores pretendem realizar compras online esse ano na Black Friday, intercalando com as lojas físicas.

1 Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*