A Black Friday existe desde meados do século XX nos Estados Unidos, mas chegou ao Brasil somente em 2010, com destaque para as vendas online. E cresceu rapidamente por aqui. Apenas em 2019, por exemplo, gerou um faturamento em vendas online de R$ 3,2 bilhões.

Uma marca registrada do evento é a grande quantidade de promoções ofertadas, mas também há problemas. No ano passado, o site Reclame Aqui recebeu 4,8 mil queixas de consumidores. A maioria foi por propaganda enganosa, embora tenha havido outros tipos de problemas também, que você deve evitar.

Ficou curioso? Quer saber mais? Acompanhe, conosco, como economizar, aproveitando bem as promoções, sem cair em golpes ou propaganda enganosa! Siga por aqui!

O que é a Black Friday

No bom e velho português, Black Friday quer dizer “sexta-feira negra” e se trata de um dia inteiro de descontos generosos organizados pelo varejo. Criada nos Estados Unidos, essa grande liquidação acontece um dia depois do feriado americano de Ação de Graças, um dos mais importantes do país.

É nessa data, que sempre cai na última sexta-feira de novembro, que as pessoas saem desesperadas pelas lojas atrás de produtos com descontos que variam de 50% até mais de 70%, dependendo da promoção.

No Brasil, a Black Friday só chegou mesmo em 2010 e só envolveu varejistas online. A primeira da grande liquidação por aqui foi organizada pelo site Busca Descontos, especializado em cupons de descontos e que atua nas principais lojas virtuais do país. No ano seguinte, o Extra adotou a Black Friday também para os preços de suas lojas físicas e o evento começou a chamar atenção de comerciantes grandes e pequenos, dentro e fora da internet.

Clique aqui para conhecer a história completa da Black Friday

Quando é a Black Friday 2020?

A Black Friday 2020 está marcada para o dia 27 de novembro, como ocorre, tradicionalmente, na última sexta-feira do mês. O evento, que cresce a cada edição no Brasil, promete ser ainda maior em 2020, por conta do período de isolamento provocado pelo novo coronavírus (Covid-19), no país. Com o crescimento das vendas online por conta da pandemia, as expectativas para a Black Friday deste ano são grandes.

Como economizar na Black Friday Brasil?

As ofertas da Black Friday são uma boa oportunidade para comprar tudo aquilo que você estava precisando e ainda economizar, mas neste momento é preciso ter um cuidado redobrado.

Afinal de contas, assim como as promoções aparecem neste período, também é preciso tomar cuidado para não acabar caindo no conto do “falso desconto”, quando as empresas aumentam os preços dias antes para, no momento do evento, reduzi-los novamente.

Clique aqui para saber como economizar na Black Friday

Para te ajudar nesta pesquisa, listamos, a seguir, alguns sites que coparam preços. Dessa forma, você pode, antes de adquirir aquele produto desejado, fazer um comparativo entre as diferentes ofertas anunciadas. Confira:

Buscapé

Um dos mais populares sites do gênero, o Buscapé, já tem mais de 20anos online e pode ser acessado tanto na web quanto pelos apps para Android e iOS. A ferramenta é uma das mais completas para comparar os preços. A pagina oferece um menu dividido em categorias, já com diversas sugestões de produtos, identifica as últimas pesquisas do usuário para a lista de recomendações na página principal e ainda tem guias sobre tipos de produtos, como “saiba tudo para comprar uma TV nova”, por exemplo.

BondFaro

O BondFaro é bem parecido com o Buscapé, mas tem um visual mais limpo e menus na parte superior da tela, ao invés de usar a lateral esquerda como muitos sites fazem. Também oferece guias de produtos, aplicativos para celular (Android e iOS), e o diferencial é o filtro por marcas, que pode ser bem atrativo para compradores que gostam de adquirir todos os produtos da mesma origem e fabricante.

Zoom

Alternativa muito boa para o consumidor que se preocupa com a qualidade das lojas: apenas redes qualificadas positivamente podem vender no Zoom. Além disso, dá garantia de “produto entregue ou dinheiro de volta”. Tem como diferenciais o “Entenda antes de comprar”, com dicas sobre produtos, e o “Zoom indica”, com as opções mais adequadas em cada categoria. Além disso, oferece reviews sobre os itens.

Já Cotei

O Já Cotei é um site de comparação de preço que possui uma página inicial com várias promoções em destaque, incluindo móveis e eletrodomésticos como fogões e ventiladores. Além da ênfase nos preços baixos, a plataforma também possui cartazes com propagandas de algumas lojas cadastradas. Para ajudar aos interessados na Black Friday, o selo criou um selo “Desconto Real”, que deve aparecer nos produtos que realmente possuem redução de preço. O Já Cotei também possui aplicativo para Android e iPhone.

Veja 13 dicas incriveis para economizar na black friday

Black Fraude: quais são os cuidados necessários para não cair em golpes?

Para que você não seja mais uma vítima de golpes nesta Black Friday, a gente cita alguns passos a serem seguidos, para que você faça suas compras com segurança! Acompanhe:

Sites que devem ser evitados

O Procon-SP mantém uma lista atualizada de lojas que descumpriram um ou mais códigos éticos e legais durante a Black Friday passada. São mais de 500 empresas que aparecem neste site. Em geral, são queixas dos próprios usuários que não tiveram seus problemas resolvidos ou mesmo respondidos pelas empresas e isso as levou à lista do órgão.

Consulte sites especializados

Para saber se uma loja é confiável, acesse o Reclame Aqui e digite o nome dela no campo de pesquisa. Os resultados ajudam a compilar um ranking de reputação da empresa e, também, o grau de atenção dado aos usuários (como respostas e resolução dos problemas).

Além disso, observe as redes sociais da empresa e dê uma olhada no que os usuários têm falado a respeito dela em avaliações e nos comentários das últimas postagens. Dá para ter uma boa ideia do que outras pessoas acham daquela empresa.

Olhe a segurança do site

Lojas confiáveis têm boas ofertas de seus produtos, mas também cuidam da segurança das informações transmitidas em seus sites. Por isso, confirme se a loja virtual em questão protege os seus dados com criptografia. Para checar isso, é muito fácil: basta olhar na barra de endereços do seu navegador, como Internet Explorer, Chrome, Safari ou outro parecido.

Se tiver o desenho de um cadeado, é bom sinal. Significa que a empresa investiu em uma página HTTPS, que garante que tem uma camada importante de proteção dos seus dados. Se não aparecer o cadeado, cuidado redobrado com aquela página!

Não caia em ofertas “milagrosas”

Caso você tenha contato pela primeira vez com uma loja virtual e o produto oferecido tem uma oferta imperdível, não compre por impulso. Primeiro dê uma olhada nos preços dos concorrentes para aquele mesmo produto. Se forem muito mais altos, ligue um sinal de alerta. É aquele velho ditado popular: “esmola demais, o santo desconfia”.

Para fazer a checagem, acesse sites de comparação de preços (como os já citados acima). Se mais ninguém tiver uma promoção tão boa assim, e você não encontrar nenhuma informação a respeito da loja nesses sites, reavalie a compra porque a loja pode não ser tão confiável assim.

Busque um contato da empresa

Desconfie se você não encontrar nenhum meio direto de contato com a loja virtual. No geral, as empresas têm telefones, chats on-line ou mesmo um endereço de e-mail para contato. Se você não encontrá-los ou se a empresa não responder em tempo hábil (ou até mesmo se não sentir segurança no profissionalismo do atendimento), talvez seja melhor desistir da compra ali. Pode ser golpe.

Lembre-se, ainda, que o Código de Defesa do Consumidor prevê que as lojas virtuais devem disponibilizar os seus dados em um local de fácil visualização. Caso a empresa não siga essa diretriz, pode ser mais um bom indício para você procurar por boas ofertas em outro site.

Faça imagens do carrinho de compras

No carrinho de compras, tire uma foto ou um print screen dos produtos com o preço oferecido na campanha da Black Friday. Guarde aquela imagem por algumas semanas ou até meses. Além disso, assim que receber e-mails de confirmação (da compra e também do pagamento) aproveite para salvar cada um deles e mantê-los guardados como evidência.

Isso vai ser útil caso você enfrente problemas posteriores com a entrega ou confirmação do seu pagamento. Ou ainda se precisar comprovar que foi vítima de propaganda enganosa.

Quais são os sites mais confiáveis?

Ao realizar uma compra durante a Black Friday, o consumidor deseja, principalmente, economizar. Nessa época de promoções, o cuidado para evitar situações que gerem más experiências não deve ser deixado de lado, e para isso é essencial buscar lojas confiáveis, que entregam o que prometem e solucionam os contratempos de maneira rápida e sem prejuízos e danos ao cliente, caso problemas ocorram.

Buscar lojas confiáveis é, portanto, a melhor maneira de fugir do estresse após as compras, como entregas atrasadas, produtos defeituosos e dificuldade na resolução de queixas. Para isso, sites especializados oferecem ferramentas úteis, com experiências reais de compra para quem quer descobrir se, além de ótimas promoções, um e-commerce oferece serviço confiável e de qualidade.

Utilizar essas ferramentas é simples, prático e está ao alcance de qualquer consumidor. Um dos sites mais conhecidos para obter informações reais de outros clientes acerca de uma loja é o Reclame Aqui.

O site recebe relatos de problemas com compras e permite que os estabelecimentos respondam às reclamações, que só são encerradas se o problema for solucionado. Com pesquisas, é possível conhecer o perfil das empresas e as solicitações recebidas, bem como as resoluções oferecidas.

Já a Ebit é uma empresa cuja missão é avaliar a satisfação dos clientes no pós-compra. Ao acessar o site, o cliente pode consultar o perfil de companhias, que recebem selos distintos: diamante (o mais alto), ouro, prata, bronze ou “em avaliação” (ainda sem certificação). Para ganhar esses carimbos, as empresas se filiam à Ebit, que faz a pesquisa com os clientes. O agregador Buscapé é outra ferramenta que permite consultar a avaliação das lojas usando o sistema de selos da Ebit.

Algumas das lojas mais bem avaliadas nessas ferramentas são:

  • Americanas: com uma variedade de produtos e promoções, apresenta boas avaliações na resolução de problemas com clientes, com 97% de reclamações respondidas no Reclame Aqui;
  • Submarino: recebe boas avaliações dos clientes em mais de uma ferramenta de certificação, com notas positivas similares às das Americanas;
  • Shoptime: tem selo diamante certificado pela Ebit, e quase 90% dos clientes têm intenção de comprar novamente, de acordo com o site;
  • Magazine Luiza: com nota 8,5 no Reclame Aqui, tem um índice de solução de 93% das reclamações e também ganhou o selo diamante da Ebit;
  • Fast Shop: tem índice de 90% de resolução de problemas e 96% de entregas no prazo, é especializada em eletrônicos, garante sua confiabilidade;
  • Extra: apesar de apresentar nota regular (6,9) no Reclame Aqui, tem ótima certificação pela Ebit;
  • Cissa Magazine: menos conhecida que as demais, apresenta boas notas e 100% de reclamações respondidas no Reclame Aqui.

Sendo assim, apostar em ferramentas de busca e lojas confiáveis é garantia de boas compras — e de uma Black Friday tranquila e sem sustos!

Eletrônicos e smartphones, os itens mais buscados

Segundo divulgou o Méliuz, as mercadorias mais vendidas nas temporadas passadas da Black Friday foram: TVs e Smart TVs, notebooks, tablets, roupas e calçados, smartphones, PS4 e PS5, além de Xbox One. Apesar de o desconto oferecido na linha de eletrônicos ser menor que em outros produtos, como roupas e móveis, os clientes ainda aproveitam a data para economizar.

E, como não poderia deixar de ser, a Black Friday 2020 também tem a lista dos desejos. Veja a seguir os produtos mais cobiçados, segundo duas empresas diferentes: o Méliuz, maior plataforma de cashback do país, e o Google, que domina a área de buscas orgânicas na internet.

10 produtos mais buscados pelos consumidores, segundo o Méliuz:

  • Celulares e smartphones;
  • iPhone;
  • Notebook;
  • Roupas e calçados;
  • TVs e Smart TVs;
  • PS4;
  • Xbox One;
  • Passagens aéreas;
  • Geladeira e eletrodomésticos;
  • Viagens.

5 itens mais buscados no Google Shopping (entre 14/09/2020 e 14/10/2020):

  • Moto G9 Play;
  • Xbox Series x;
  • Ar condicionado portátil;
  • Climatizador;
  • Iphone 12.

Certamente, os produtos mais cobiçados mudam conforme a faixa etária e outras variáveis, de consumidor para consumidor. Mas o fato é que, depois da pandemia, as pessoas passaram mais tempo em casa. Como consequência, devem procurar mais itens domésticos, de uso pessoal e voltados aos eletrônicos na Black Friday 2020.

Quais são os melhores cartões de crédito para a Black Friday?

Para te ajudar a fazer boas compras na Black Friday deste ano, o Unum traz, na sequência, algumas dicas de cartões de créditos de lojas participantes deste evento tão popular, para você adquirir o produto que procura, com boas condições e, claro, com muita consciência! Confira:

Cartão Lojas Americanas

O Cartão está no mercado há anos! Além disso, o produto tem ampla aceitação por parte dos consumidores. Você cliente pode ter cartões adicionais. Outra vantagem do cartão é o parcelamento de até 12 vezes sem juros e 50% de desconto nos produtos da Black Friday, o que difere este dos demais cartões. Para mais detalhes das vantagens exclusivas deste produto, bem como para solicitar agora mesmo o seu, é só clicar no botão abaixo.

Cartão Magazine Luiza

Dentre as vantagens do cartão de uma das maiores redes de lojas varejistas do país, destacam-se: possui bandeira da Mastercard, uma das maiores do mundo. Oferece descontos exclusivos para quem é cliente da rede. Tem ampla aceitação no mercado. Parcelamento em até 24 vezes, com ofertas exclusivas no cartão. Outro benefício ofertado pelo produto é um desconto de Até 80% nos produtos Black Friday. Vale lembrar que, caso haja atraso no pagamento, você pode ter que arcar com uma taxa de juros. A anuidade deste cartão de crédito é de R$119,88 (12x de R$9,99). O cartão solicitado chega a sua casa no prazo máximo de dez dias. Para mais informações e solicitar já o cartão Luiza, é só clicar no botão abaixo.

Cartão Carrefour

Além de economizar e ter condições especiais de parcelamento nas lojas Carrefour, quem adquire o Cartão Carrefour conta com ainda mais vantagens. Dentre elas: Parcelamento em até 8x no setor bazar e têxtil de qualquer loja Carrefour do país. Compras nas Drogarias Carrefour com parcelamento de até 10x sem juros. Mais prazo para pagar, ao abastecer nos Postos Carrefour. Além disso, o Cartão Carrefour é aceito nos estabelecimentos credenciados à rede MasterCard e Visa no Brasil e no exterior. Para mais detalhes do cartão Carrefour, é só clicar no botão abaixo.

Cartão Pontofrio


Para ter o Ponto Frio Itaucard Internacional, você precisa ter renda mínima de R$ 900,00. A anuidade deste cartão é de 12x de R$ 11,90, num total de R$ 142,80. O cartão Pontofrio é bandeira Mastercard. E, como o próprio nome diz, é internacional, por isso você pode aproveitá-lo para fazer umas comprinhas online em sites do exterior. Para mais informações, é só clicar no botão abaixo.

Cartão Submarino

Você conhece o Submarino? É uma loja de produtos diversos que também disponibiliza o seu cartão de crédito, que você pode aproveitar inclusive na Black Friday. A anuidade deste cartão é de 5x o valor de R$ 27,99. Mas fique atento às promoções que o site pode lançar! Se você obtiver a oferta “Submarino sem anuidade para sempre”, não terá que se preocupar nunca mais com esses custos! Muito boa esta promoção, não é mesmo? Para mais detalhes, é só clicar no botão abaixo.

Cartão livraria Saraiva

O Cartão de Crédito Saraiva não tem anuidades e muito menos taxas de manutenção. O produto é outra ótima opção para quem deseja economizar nesta Black Friday! Este cartão, além dos benefícios sem isenção de taxas, também apresenta programa de pontos que podem ser utilizados no próprio site para troca de livros ou demais produtos disponíveis! Para solicitar agora mesmo seu cartão Saraiva, é só clicar no botão abaixo.