Você já parou pra pensar se é realmente possível viver da renda de dividendos?
Não queremos demorar com a resposta. Sim, é muito possível viver com a renda de dividendos. Você só precisa ter a quantia certa de dinheiro aplicado e pronto! 

Por onde começar?

Se é o caso de você não possuir todo o dinheiro guardado para investir e ter bons rendimentos, você precisará acumular essa quantia a longo prazo. Esse prazo pode demorar muito ou pouco tempo e existem alguns fatores que influenciam nesse cálculo. Olha só:

  • Quanto você ganha por mês;
  • Total das suas despesas; 
  • Quanto consegue economizar por mês;
  • e com quanto de dinheiro você consegue viver de forma tranquila.

Tendo tudo isso ok, você começa a trilhar um objetivo que é sua independência financeira! Isso significa trabalhar muito agora para depois poder fazer o que quiser, viajar, estudar, montar um negócio dos sonhos, sem se quer preocupar com as finanças. 

Existem algumas dicas que podem te ajudar a alcançar esse sonho mais rápido 

Dicas para viver com renda de dividendos

1. Tenha investimentos de curto prazo

Essa dica é fundamental para não ter que “quebrar seu porquinho da economia” antes da hora certa. Aplicações são importantes ter, mas melhor que sejam sempre investimentos de curto e médio prazo. Caso necessário, você pode resgatar um capital, mas se for necessário mesmo em?

Assim, essa é uma ótima forma de manter suas aplicações intocadas para viver de dividendos por muito tempo! 

2. Não caia em furadas

O que não falta de jeito nenhum no mercado financeiro são promessas de dinheiro rápido e fácil, né? Isso é muito tentador, principalmente quando falam em multiplicar o seu rendimento. Bom, tenha cuidado e não coloque seu dinheiro em lugares não confiáveis. Normalmente, esses sites são uma armadilha para de roubar. Fique de olho!  

3. Arrisque pouco

Caso o seu perfil de investidor seja mais agressivo e queira arriscar para tentar alcançar um prêmio maior, você pode separar uma pequena parte dos seus investimentos para alocar em ativos de alto risco. Mesmo assim, é importantíssimo que você invista apenas em produtos financeiros que tenham qualidade.

Gostou desde conteúdo e quer mais conteúdos como este?

Acesse: conhecendo capital de giro

Deixe seu Comentário