Como Funcionam as Maquininhas de Cartão?

  • Por: Equipe | 05/10/2019 - 13h00

Com toda certeza as maquininhas são uma ferramenta essencial nos comércios hoje em dia, isso porque as compras com o cartão vêm subindo cada dia mais, afinal é muito mais arriscado andar com dinheiro por aí. Mas mesmo com tanta abrangência algumas pessoas ainda tem dúvida sobre como funcionam as maquininhas de cartão. Por esse motivo fizemos esse post para você entender isso e muito mais.

Quais são as vantagens de ter uma maquininha de cartão?

É óbvio que não ter uma maquininha de cartão nos dias de hoje é pedir para perder vendas, afinal quase todo mundo anda com o cartão, até porque qualquer probleminha como perdas ou furtos é só bloquear ou cancelar o cartão. Principalmente em grandes cidades é muito difícil você ver pessoas pagando suas compras no dinheiro.

Além disso para o comerciante a maquininha de cartão também é muito mais prática e segura, afinal o comerciante não fica cheio de dinheiro em seu estabelecimento e ele vai direto para sua conta, não é preciso ficar indo até o banco todos os dias para fazer depósitos.
As maquininhas de cartão ainda geralmente aceitam cartões de crédito e débito, cartão alimentação, cartão de combustível e ainda possibilitam fazer recargas de celulares, pagamentos em moedas estrangeiras, saques emergenciais e muito mais.

Hoje já é possível encontrar vários tipos de maquininhas no mercado, algumas com aluguel, outras sem, outras que você tem que comprar, outras que você ganha, algumas que cobram altas taxas em transações, outras com taxas bem mais razoáveis, algumas que aceitam mais bandeiras do que as outras, enfim, quando for adquirir a sua é bom avaliar bem as opções do mercado.
As empresas cobram taxas de administração em operações com cartões, essas taxas variam muito entre as fornecedoras e podem variar também de acordo com o ramo de atuação do comerciante. Porém elas costumam variar entre 2% e 6%, as taxas relacionadas à vendas no débito são mais baixas do que as no crédito. Mesmo com as taxas, ter uma maquininha de cartão se tornou algo imprescindível.

Funcionamento do sistema de pagamentos pela maquininha de cartão

  • As maquininhas de cartão de todos os tipos funcionam no mesmo sistema, porém o que muda é o tipo de conexão. Esse sistema é composto por partes, essas são:
    O portador do cartão ou cliente – Que é a pessoa que adquire bens ou serviços.
  • O estabelecimento – Que é quem está vendendo um produto ou prestando um serviço e fazendo a cobrança através da máquina de cartão.
  • O Gateway de pagamento – O gateway de pagamento ou facilitador é quem possibilita a troca de informações entre uma máquina de cartão e o processador de pagamentos, ou banco do cartão do cliente.
    O banco do vendedor- Banco este no qual o vendedor tem uma conta e que processa suas operações de crédito e débito e também para onde vai o dinheiro da venda no final do processo.
  • O intercâmbio de cartão de crédito – Que é a troca de informações entre o banco do vendedor e o banco ou emitente do cartão de crédito/débito do comprador.
  • O emissor ou empresa administradora do cartão – Essa se trata de uma instituição financeira, em suma bancos, que emitem o cartão de crédito.
  • A Bandeira – Que é a empresa responsável pela comunicação da transação entre a maquininha e o emissor do cartão de crédito.

Opções de maquininhas disponíveis no mercado:

POS (Point of Sale ou Ponto de Venda)

Esse tipo de maquininha é usualmente instalada no caixa e conectada a uma linha telefônica. A grande vantagem disso é que a conexão desse tipo de maquininha é mais estável, esse tipo de maquininha ainda tem impressora de recibos embutida e taxas de retenção menores.
O grande porém em relação a esse tipo de maquininha de cartão é que geralmente é cobrado aluguel e/ou taxa de aquisição e oferece uma locomoção limitada.

POS Wireless

Esse tipo de maquininha é bem parecido com o anterior POS, o diferencial é que funciona através do sinal Wireless da internet, é portátil dentro da cobertura Wireless, porém é mais instável do que a conectada à linha telefônica.

TEF (Transferência Eletrônica de Fundos)

Esse tipo de maquininha funciona via internet ou diretamente conectada a um computador, utilizando links dedicados, possibilitando até mesmo trabalhar simultaneamente com programas de emissão de notas fiscais, por isso é amplamente utilizada em supermercados e lojas de varejo no geral.

POO (parecido com a sigla POS porém o segundo O é devido a palavra outdoor, que significa externo)

Esse tipo de maquininha funciona pela rede de dados das operadoras de celulares através de um chip e traz várias vantagens como o fato de ser portátil, facilitando por exemplo entregas a domicílio, e possível isenção do aluguel, além disso também possuem impressora de recibos embutida. Como qualquer outra máquina portátil é mais instável, as taxas de retenção também costumam ser um pouco maiores e as taxas de aquisição são possivelmente mais altas.

MOBILE

Esse tipo de maquininha tem o leitor de cartão conectado a um celular geralmente por Bluetooth, porém alguns modelos trabalham com conexão por cabo, algumas possuem até chip e não dependem do celular. Essas maquininhas são portáteis e ótimas para entregas, tem uma taxa de aquisição menor e geralmente não possuem aluguel. Porém não possui impressora de recibos embutida, mas o recibo pode ser enviado por email, possui altas taxas de retenção e mais uma vez como toda maquininha portátil possui uma conexão mais instável.

Agora que você já conhece as opções de maquininhas e como elas funcionam é só escolher a mais adequada ao seu negócio e pesquisar qual empresa te oferece a melhor opção.

Recomendados
Sem Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*