O empréstimo consignado é diferente dos demais, pelo simples fato de que nele não há espaço para inadimplência. Isso acontece pelo simples fato de que com esse mecanismo, a instituição financeira desconta automaticamente no contracheque do contratante, o valor das parcelas a serem pagos pelo empréstimo obtido.

Ou seja, a principal diferença desse empréstimo em relação a todos os outros é na forma de pagamento, afinal todo mês, as parcelas da dívida saem do seu salário ou do benefício do INSS antes mesmo que você receba seu dinheiro. Por isso, suas taxas de juros são as menores da categoria. 

Mas nem todos podem ter acesso a um empréstimo consignado. Somente aposentados, pensionistas do INSS, servidores públicos e alguns funcionários de empresas privadas (desde que a empresas seja conveniadas à instituição que o crédito vai ser selecionado) podem solicitar este crédito.

Se você faz parte dessas categorias e deseja solicitar o seu, neste post vamos te ensinar como fazer um empréstimo consignado.

Quem Está Com o Nome Sujo Pode Pedir Empréstimo Consignado?

Assim como em toda operação de empréstimo ou financiamento, antes de liberar o consignado, o banco ou instituição financeira costuma fazer uma análise do solicitante, podendo inclusive negar o pedido.

No entanto, o fato de estar negativado não é um critério impeditivo para quem busca um empréstimo consignado, pois como o valor das parcelas é descontado diretamente na folha de pagamento, o banco trabalha com uma excelente garantia.

Então a resposta para essa pergunta é: sim. Pessoas com o nome sujo podem solicitar o crédito consignado. 

É Possível Fazer Mais de Um Empréstimo Consignado ao Mesmo Tempo?

Indo direto ao ponto, sim, é possível. Porém não é tão simples. Existe uma regra a ser seguida, onde a soma das duas parcelas não podem ultrapassar o valor de 35% do seu salário ou benefício. 

Para isso que serve a análise de crédito, com a finalidade de garantir que este valor não seja extrapolado e comprometa seu orçamento financeiro. Vale destacar aidna que as taxas cobradas (por empréstimo) variam dependendo da instituição, entre 1,5% e 3,5% ao mês.

Quais os Documentos Necessários Para Fazer Um Empréstimo Consignado?

O processo é simples e exige poucos comprovantes. São basicamente esses:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de renda
  • Comprovante de endereço

Na maioria das vezes, não é necessário ser correntista do banco que irá solicitar o empréstimo consignado (com exceção de empresas privadas com convênios) mas,  frisamos, novamente, tudo depende da instituição que você escolher.

Onde Pedir Um Empréstimo Consignado?

A maioria dos bancos e instituições financeiras que oferecem essa modalidade de empréstimo, trabalham com a opção de solicitar o crédito de forma 100% on-line. Mas, antes de realizar seu pedido recomendamos que pesquise bem em qual instituição realizar esse processo, afinal, os juros tendem a variar entre elas.

Uma boa dica é procurar em cooperativas de crédito que costumam ser um pouco mais baratas do que grandes bancos ou financeiras. 

Como Fazer a Contratação?

O processo para fazer um empréstimo consignado é dividido em quatro categorias:

  1. Simulação e análise de crédito
  2. Aprovação do crédito
  3. Assinatura do contrato
  4. Averbação 

As etapas acima geralmente são muito rápidas, e podem ser feitas de duas maneiras: presencialmente e on-line.

Presencialmente: após escolher a instituição financeira com as melhores taxas e que se adeque mais as suas necessidades, vá até a agência mais próxima portando os documentos que citamos e solicite seu empréstimo consignado. Tenha o cuidado de levar a documentação original e comprovante de endereço atualizado em no mínimo 3 meses.

On-line: sem sair de casa você pode contratar seu empréstimo e aguardar sua análise, mesmo com o nome sujo. Ao fazer a solicitação online, é mais cômodo realizar simulações em diversos estabelecimentos gastando menos tempo. Essa é uma ótima opção para quem precisa do empréstimo com urgência.