As Três Piores Formas de Conseguir Capital de Giro

Saber o que é capital de giro e como conseguir tê-lo é uma informação que todos os empresários devem saber. Muitas empresas chegam a falência por não ter um capital de giro e passam bastante aperto para recuperar o prejuízo.

Ele é responsável por deixar a empresa tranquila financeiramente e longe de inadimplências, acúmulo de dívidas e empréstimos intermináveis.

Para saber mais sobre o capital de giro, confira o post e veja quais são as piores formas que você deve evitar para conseguir um.

O que é capital de giro?

O capital de giro é o que circula na empresa para quitar os custos e as despesas fixas mensais. Esse recurso é o que fica em stand by, o valor nas contas bancárias, os investimentos e tudo mais o que é necessário para o bom andamento da empresa e claro, a sobrevivência dela.

Ele garante que a empresa continue com todas as atividades mensais, como, contas, pagamento dos funcionários, pagamento de fornecedores, impostos e outras despesas. Mesmo com um capital de giro, costuma ser comum as empresas em algum momento da vida, solicitar um empréstimo para dar conta do recado. Mas o que muitos não calculam, é que além das despesas fixas o empréstimo tem parcelas rigorosas para pagar, fazendo com que o empresário fique em uma sinuca de bico para sair da dívida.

Outro fato que compromete a empresa são os juros abusivos de crédito e os prazos curtos para começar e terminar a pagar. Dependendo desse crédito, a empresa vai de mal a pior e cada vez mais impossível conseguir um capital de giro.
Conheça agora as 3 piores formas de ter um capital de giro pra você passar bem longe delas!

As três piores formas de conseguir capital de giro

1- Cartão de crédito

O cartão de crédito é a salvação naquele momento em que o dinheiro acaba para pagar os fornecedores, não é mesmo? O pior, é que como o dinheiro não existe mais, você também usa o cartão no próximo mês e aí vai a construção de uma grande bola de neve.

No fim disso tudo, a fatura está altíssima sendo necessário um parcelamento, que claro, não vem sozinho e traz com ele juros altos, parcelas intermináveis e um possível cnpj “sujo” por inadimplência.
Uma solução para sair do cartão de crédito, é usar um cartão pré-pago, por exemplo. Ele evita que você faça dívidas e quem decide o limite é você mesmo.

Conheça agora o cartão pré-pago SRM e mude a realidade da sua empresa!

2- Cheque especial

Outro inimigo de uma boa gestão é o cheque especial! Essa é a pior forma de tentar conseguir dar a volta por cima em seu negócio.
Assim, como o cartão, os juros são altíssimos e para pagar depois é uma novela!

3- Linhas de financiamento tradicionais

Por incrível que pareça, essa é a menos pior das 3 opções que mostramos aqui, mas mesmo assim, não é a mais indicada! As linhas de financiamento parecem ótimas quando o banco faz a proposta para os clientes, mas pra quem busca um capital de giro, o ideal é descartar essa possibilidade para não acumular despesas e correr dos juros!

E o que é o ideal para conseguir o capital de giro? Bom, nossa dica é acender a luz vermelha e enxergar que está em apuros. Corte os gastos, se preciso, faça demissões e comece do zero para recuperar o que foi perdido.

Evite gastos desnecessários e foque em fugir dos créditos e empréstimos!

E aí, gostou? Compartilhe com os amigos empresários e os ajude com o capital de giro de suas empresas!

Recomendados
Sem Comentários