Na última segunda feira (17), foi lançado no Brasil o primeiro banco digital com propósito social, focado na comunidade LGBTQI+, sigla reconhecida para lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, queers, intersexuais.

Pesquisas apontam que mais de 10% dos brasileiros fazem parte desse grupo e sua representatividade tem sido motivo de investimento em todas as camadas da sociedade, inclusive em termos financeiros.

Sendo assim, o Pride Bank nasceu para apoiar a comunidade LGBTQI+, criando um banco digital que “entende seus desafios e suas necessidades”.

Além dos serviços básicos do banco, o Pride oferece significativas modificações, como a possibilidade de colocar o nome social no cartão de plástico, para evitar constrangimento dos clientes e a doação de 5% de todo o lucro de suas operações a causas ligadas à comunidade LGBTQI+. Leia abaixo todos os detalhes.

Sobre o Pride Bank

O Pride é considerado o primeiro banco digital LGBTQI+ do mundo, e essa ideia nasceu brasileira.

Segundo o CEO Marcio Orlandi Junior, a ideia do banco surgiu para preencher uma lacuna no mercado brasileiro:

“A ideia do Pride Bank surgiu da vontade de criarmos um serviço que não discrimine, não diferencie pessoas por sua orientação sexual, identidade de gênero ou qualquer diferença e, mais do que isso, que festeje essas diferenças, respeitando todas as pessoas LGBTI+ e seus aliados”.

Ano de Fundação: 2019
Sede: São Paulo

Vantagens da Conta Digital Pride Bank

  • Cartão de crédito internacional e pré pago
  • Cartão personalizado
  • Conta para pessoa física e empresas
  • Aplicativo próprio
  • Maquininhas de cartão
  • Transferências, pagamentos, depósitos em conta
  • Recarga e compra de créditos para usar em diversos serviços
  • Nome social impresso no cartão
  • Ajuda social para quem vive em situação de vulnerabilidade

Cartões Sem Complicações

O cartão do Pride Bank pode ser usado tanto para débito, como para crédito, mas seu uso, assim como tudo que o Pride oferece, é diferenciado.

Mesmo pagando compras online, internacionais e presenciais no crédito, seu cartão é pré-pago, o que significa que o limite de gasto disponível é depositado primeiramente pelo próprio cliente.

Ao contrário dos outros cartões pré pagos existentes no mercado, o cartão Pride não precisa ficar carregando, suas compras são descontadas imediatamente do saldo da conta digital.

Conheça aqui os benefícios de um cartão pré pago!

Outra vantagem é que o cliente pode escolher o modelo e o nome que mais combina com ele, sem rótulos.

Taxas

Para pessoas físicas, os pacotes de serviços variam de R$ 9,99 a R$ 39,99 mensais, de acordo com a quantidade de serviços que o cliente solicita no ato da contratação.

O pacote mais simples, por exemplo, está incluído: a manutenção da conta, 1 TED, 2 depósitos por boleto e transferências entre contas Pride ilimitadas.

Já as contas jurídicas, pagam entre R$ 29,90 e R$ 149,99 mensais, com o preço de boleto adicional variando entre R$ 3,50 e R$ 2,50, dependendo do pacote escolhido.

Os saques no cartão são feitos na Rede 24Horas e cobram uma taxa de R$ 7,50.

Ao pedir seu cartão pré-pago, também há uma tarifação de R$ 19,90 pela emissão.

#OrgulhoDeSerPride

Esta hashtag subiu nas últimas 24 horas e resume a identidade do banco: uma instituição que não discrimina, mas festeja as diferenças respeitando todas as pessoas, e inclusive devolvendo parte da receita para quem realmente precisa.

O Pride Bank tem o compromisso de apoiar a comunidade LGBTQI+ em suas necessidades, e uma das estratégias usadas é destinar 5% dos seus lucros à causas sociais, como:

  • Moradias para LGBTQI+ em situação vulnerável
  • Ações com idosos da comunidade
  • Doações para investimentos em direitos das mulheres
  • Coletivo que organiza paradas LGBTQI+ em regiões periféricas.

Gostou dos benefícios oferecidos pelo Pride Bank e quer abrir uma conta? Clique no botão e crie a sua agora mesmo!