Pior Década da Economia em Mais de 100 Anos

  • Por: Equipe | 07/07/2019 - 08h00

De acordo com um estudo da Fundação Getúlio Vargas publicado no dia 25 de março deste ano, a economia do Brasil está prestes a ter a pior década em pouco mais de 100 anos. Entre os anos de 2011 e 2018, a economia do país cresceu, em média, 0,6% ao ano, de acordo com o estudo da fundação e levou também em consideração alguns dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Previsão:

De acordo com o que vem acontecendo, a previsão para o PIB (Produto Interno Bruto) no ano de 2019 (2,01%) e 2020 (2,8%). Esse resultado é péssimo, pra falar a verdade, o pior desde 1901 e a tendência é do não chegar ao final dessa década com crescimento médio de 0,9% ao ano.

Todo o desempenho ao longo desses últimos anos (2011 a 2010) pode ficar abaixo do que o que foi registrado nos anos de 1980, que inclusive, foi chamada de década perdida. Nessa década, a economia teve um crescimento na média de 1,6% ao ano.

Para a década atual deixar o título de ” a pior “, precisa ter um crescimento de, pelo menos, 5,7% e que segundo o estudo, parece ser bastante improvável.

A FGV também comenta: “Então podemos concluir que os anos 2011-20 foram mais perdidos do que a chamada ‘década perdida’ dos anos 1980”.

Pior momento:

Esse tempo mau na economia brasileira teve o seu pior momento durante a presidência da Dilma Rousseff e Michel Temer nesses últimos 4 anos. A média do PIB nesse intervalo foi de -1,2% ao ano. O inacreditável é que o país só apresentou PIB negativo em 1930 e 1931, após a crise de 1929, ou seja, ao invés de progredir, a economia só andou pra trás.

Recomendados
Sem Comentários