Pente Fino INSS: Tire Suas Dúvidas

  • Por: Equipe | 10/07/2019 - 08h00

O Governo do presidente Jair Bolsonaro aprovou na primeira semana de junho um pente fino no INSS e seus benefícios. Dessa vez a revisão será mais ampla do que o pente fino que aconteceu no governo de Michel Temer.

Muitas pessoas ainda estão com muitas dúvidas sobre o porque disso estar acontecendo e viemos justamente para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Fique por dentro!
Porque está acontecendo

Nem todas as pessoas inscritas no INSS e que recebem os benefícios são realmente verdadeiras. Para isso essa revisão será feita e se houver algum indício de irregularidade, o aposentado ou trabalhador receberá uma notificação e terá 30 dias para apresentar uma defesa. Essa revisão está prevista com duração de 1 ano e pode ser prorrogada até 2022.

Qual o objetivo

O objetivo do governo é acabar com as fraudes no INSS e atingir uma meta de R$9,8 bi na economia.

Quem pode ser chamado

De início, os benefícios por incapacidade, auxílio doença e aposentados por invalidez serão revisados, principalmente os que estão a mais de 6 meses sem passar por uma perícia.
Os aposentados e pensionistas não ficam de fora e também podem ser chamados. O critério da busca ainda não foi divulgado se por exemplo será por idade ou tempo de benefício, mas de qualquer forma irá acontecer após o texto ser aprovado pelo presidente e pelo congresso.

Quem está seguro

A única exceção são para as com 60 anos ou mais que recebem aposentadoria por invalidez. Por ter essa idade eles não podem perder os benefícios já disponíveis, é um direito de cada um deles.

Se você se enquadra no time de pessoas que podem ser convocadas, fique atento ao seu cadastro no site do INSS, no banco e também nos correios. Você poderá receber uma notificação por esses meios.

Tenha seus documentos preparados e evite surpresas.

Teve suas dúvidas respondidas? Compartilhe e tire a dúvida do pente fino do INSS de outros amigos também.

Recomendados
Sem Comentários