Recentemente mais duas novas empresas aéreas low-cost passaram a operar no Brasil e isso teve um grande impacto no mercado de aviação pois o preço da passagem caiu, o que aumenta o fluxo de passageiros.

As novas empresas Norwegian e Sky Airline mal chegaram ao país e o valor dos bilhetes aéreos nas rotas operadas por elas caiu em média, 23%. Esse dado foi coletado do estudo da Kayak, plataforma de planejamento de viagens e comparação de preços.

Na rota Rio de Janeiro / Londres, por exemplo, a passagem custava em média R$ 5.990 antes do início das operações da Norwegian no Brasil. Depois disso, o preço médio do trecho caiu para R$ 4.611, segundo a Kakay.

Já o preço da passagem entre Rio de Janeiro e Santiago, que custava em média R$ 1.772 antes do inicio das operações da Sky Airline, caiu para R$ 1.454.

Novas empresas Low cost no Brasil

O termo low cost se refere a empresas de baixo custo que atuam em diversos setores, inclusive aviação. Essas empresas oferecem os mesmos serviços que as demais, mas com os preços menores, pois eliminam todos os custos tradicionalmente oferecidos pelas cias aéreas comuns.

A presença dessas empresas no Brasil está auxiliando na concorrência das cias aéreas no país e diminuindo efetivamente o preço das passagens de avião.

Desde o início de 2019, 4 delas já estão no mercado brasileiro: a chilena Sky Airline, a norueguesa Norwegian, Air China e a argentina FlyBondi.
Em dezembro, está previsto para atuar no Brasil a subsidiária chilena da americana JetSmart ligando duas cidades brasileiras à capital chilena e, com planos de ainda participar de vôos domésticos nos próximos anos.

A mudança ocorreu depois de uma medida provisória editada no final do ano passado pelo ex-presidente Michel Temer que foi aprovada neste ano pelo Congresso.

Outra medida que facilitou a entrada dessas empresas no Brasil foi a cobrança de bagagem despachada pelas cias aéreas: “Se me obrigam a não cobrar pela bagagem, tenho que cobrar mais no preço da passagem, porque isso é custo de combustível”, disse Mauricio Sana, diretor comercial da FlyBondi.

Rotas Aéreas da Empresas Low Cost no Brasil

Abaixo você pode acompanhar as rotas aéreas das novas empresas Low Cost e o valor médio cobrado nas passagens:

Sky Airline: Opera saindo das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Florianópolis, com destino à Santiago.

Preço Médio São Paulo / Santiago: R$ 594,63

Norwegian: Vôos saindo do Rio de Janeiro com destinos variados: Portugal, Espanha, EUA, Noruega, Argentina, Dinamarca, Grécia, Croácia, Suécia, Finlândia e Reino Unido.

Preço médio Rio de Janeiro / Noruega: R$ 2.782,65

Air China: Vôos saindo de Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Cataratas do Iguaçu, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Destinos: 29 países diferentes da Ásia, Oceania, Europa e América do Norte

Preço médio de São Paulo / Austrália: R$ 5.986,57

FlyBondi: Vôos saindo de Florianópolis e do Rio de Janeiro com destino a Buenos Aires

Preço médio do Rio de Janeiro / Buenos Aires: R$ 433,00

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*