Você Não Deve Pagar o Mínimo do Cartão de Crédito, Entenda!

  • Por: Equipe | 25/09/2019 - 15h30

Você é um consumidor que usa muito o cartão de crédito? E no pagamento você costuma pagar a fatura toda ou o mínimo do cartão?

Quando estamos mais apertados no fim do mês geralmente nos refugiamos em nossos cartões, não é mesmo? Ou para parcelar uma compra com um valor maior.

Basicamente, o pagamento no crédito é um empréstimo que fazemos que nos comprometemos a pagar no futuro, e no final de cada mês, uma fatura é gerada com os gastos daquele mês no cartão.

Porém, quando não nos organizamos financeiramente e não temos o dinheiro para pagar o total da fatura, muitas vezes optamos em quitar o valor parcial, e isso é uma armadilha.

Quer saber o por que? Nesse artigo vamos te explicar o porquê não é recomendado pagar o valor parcial do cartão e os juros que são aplicados sobre sua fatura…vem com a gente..

O que são juros no rotativo?

Os juros do cartão de crédito são conhecidos como “juros do rotativo” e aparecem quando não pagamos o valor total da fatura no mês.

De acordo com Tarcísio Teixeira, autor do livro “Direito Empresarial Sistematizado” da Editora Saraiva, “o crédito rotativo do cartão de crédito é uma forma de crédito fornecida ao titular do cartão quando ele não paga o valor total da fatura dentro do prazo de vencimento. Trata-se de uma espécie de saldo negativo a ser pago pelo titular na próxima fatura.”

Ou seja, quando o cliente paga a fatura mínima do seu cartão de crédito- o valor é em média 15% do total devido -, no próximo mês, ele recebe a fatura com o saldo da dívida do mês anterior, somada aos juros rotativos do que ele ficou devendo.

De acordo com as novas regras do cartão, esse usuário não pode pagar o mínimo da fatura por dois meses consecutivos, e se ele não tiver condições de arcar com a dívida, o banco é obrigado a oferecer uma linha de crédito com juros menores que os do cartão, variando de 1,99% a 9,99% ao mês.

Até dois anos atrás, as taxas de crédito rotativo eram muito mais altas do que a do cheque especial, mas após as novas regras de cartão de crédito entrarem em vigor, este valor se encontra em um patamar mais baixo.

O Banco Central do Brasil divulgou em 28 de agosto os dados relativos às taxas de operação de crédito de julho de 2019, e de acordo com esses dados, o rotativo do cartão de crédito está calculado em 300,29 % ao ano, e pra você ter uma ideia da diferença, em 2016, por exemplo, essa taxa de juros era calculada em mais de 400%.

Na Ponta Do Lápis

Vamos te dar um exemplo para ficar mais claro como são calculados esses juros. Para começar, você deve saber a porcentagem de juros da operadora do seu cartão de crédito, que geralmente está indicada na fatura do cartão. Depois, siga os passos:

1 – Subtraia o valor total, pelo mínimo pago, o resultado será o montante que retornará no próximo mês como rotativo

2 – Com o valor, calcule a porcentagem de juros indicadas no cartão.

3 – Sobre o valor do rotativo, calcule o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) mensal e diário, de 0,38% e 0,0082%, respectivamente

4 – Agora basta somar os valores e verá a quantia que deverá pagar no próximo mês.

Vamos ver um exemplo? Confira os dados abaixo:

Valor total da fatura: R$ 1000
Valor mínimo pago: R$ 150
Juros do cartão: 9%
IOF mensal: 0,38%
IOF diário: 0,0082%

Passo 1: R$ 1000 – R$ 150 = 850

Passo 2: 9% de R$ 850 = R$ 76,50

Passo 3: 0,38% de R$ 850 = R$ 3,23
0,0082% de R$ 850 x 30 (30 dias no mês) = R$ 2,09

Passo 4: R$ 850 + R$ 76,50 + R$ 3,23 + R$ 2,09 = R$ 931,82

Sendo assim, o valor de R$ 931,82 será cobrado no próximo mês, e se não for pago, você terá acesso a uma linha de empréstimo do seu banco para pagar essa dívida e parcelar o valor diretamente com eles.

Não conseguiu empréstimo no banco? Já conhece o empréstimo pessoal online Noverde? Os empréstimos pessoais têm juros bem mais baixos e podem te ajudar a ir organizando suas finanças enquanto paga o total da fatura devida e evita novamente os juros rotativos.

Recomendados
Sem Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*