Uma coisa já é certa na cabeça de qualquer investidor: a poupança tornou-se, com o tempo, um dos investimentos menos desejados do mercado. Se outrora era sinônimo de garantia de reservas com segurança, a caderneta passou a ser pouco atrativa com a taxa básica de juros em baixa constante desde 2016, podendo às vezes representar até perda real monetária se comparada à inflação.
Com os juros baixos, a poupança passou a render menos devido a uma regra criada pelo Banco Central em 2012.

À época, estipulou-se que quando a taxa básica de juros (Selic) estiver acima de 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança será de 6,17% ao ano (0,5% ao mês) mais TR (Taxa Referencial). Porém, quando a Selic for igual ou menor que 8,5%, a poupança passará a render 70% da Selic mais TR.

Em maio de 2020, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou a Selic pela 12ª vez seguida desde outubro de 2016, chegando a 3%. Com isso, dificilmente a poupança voltará a ser atrativa como outrora.

Por isso, é sempre aconselhável ao investidor procurar outras alternativas para buscar rentabilidade para seu dinheiro. E uma das mais seguras atualmente no mercado é a Super Poup do BMG Invest, que oferece a solidez de uma poupança, mas com rentabilidade até 27% superior. Abaixo, vamos explicar melhor como e porque isso ocorre.

O que é a Super Poup, do BMG Invest?

Apesar de remunerar abaixo do esperado, a caderneta de poupança sempre foi cobiçada pelos brasileiros devido à segurança aliada à liquidez, que garante saque a qualquer momento. Não à toa, mais de R$ 800 bilhões estão alocados neste tipo de garantia. Observando esse fenômeno, o Banco BMG buscou criar uma nova conta de investimento similar, que oferecesse maior rentabilidade aos seus clientes, mas mantivesse a confiança dele. Assim, nasceu a Super Poup.

Buscando manter o caráter democrático da caderneta, mas tendo liquidez como de um CDB, a Super Poup é acessível a partir de R$ 100 e rende 104% da Selic. Tal qual a poupança, ela não tem qualquer taxa de administração, como a cobrada nos fundos de investimento, ou mesmo de custódia, no caso de títulos do Tesouro Direto.

Em um cálculos simples, com os juros a 3%, em dois anos você teria 27% mais do que se tivesse mantido seu dinheiro aplicado na poupança. Ou seja, se você aplicar, por exemplo, R$ 500 em junho de 2020, às vésperas da Copa do Mundo do Catar poderia sacar R$ 553,64, enquanto na caderneta seu resultado líquido seria de R$ 532,07.

E para garantir a segurança dos investimentos, a Super Poup, além ser do Banco BMG, que tem 90 anos de história, está na dentro da cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que assegura por CPF até R$ 250 mil em investimentos.

Em tempos de Selic em baixa, poupança torna-se pouco atraente. Pensando nisso, o banco criou a Super Poup, uma das maneiras mais seguras e vantajosas de aplicar e render seu dinheiro.

Como contratar a Super Poup?

Para ter sua Super Poup, basta criar uma conta digital BMG, que é totalmente isenta das complicadas cestas básicas de tarifas aplicadas às instituições financeiras tradicionais, o que traz transferências eletrônicas e saques gratuitos. Com ela, além da Super Poup e da conta digital gratuita, você poderá ter um cartão de crédito internacional também isento de anuidade.

Para contratar esses serviços, basta baixa o app do BMG na Google Play (Android) ou App Store (iOS), clicar em “seja um cliente”, “abrir minha conta”, enviar os documentos listados no passo a passo do app e aguardar a aprovação. Após a reposta positiva, o cliente terá acesso à conta digital e à Super Poup, bastando investir a partir de R$ 100.