Com o surgimento de várias fintechs que garantem uma nova experiência financeira ao usuário, os bancos tradicionais também estão buscando inovar em seus serviços.

Um exemplo disso é o Banco Santander que, mesmo sendo considerado o terceiro maior banco privado do Brasil, comprou em 2016 a Superdigital, que oferece uma conta digital disponível para quem está negativado, não exige comprovante de renda e não possui burocracias.

Agora, a Superdigital lança para seus clientes uma novidade: a Gigi, uma assistente virtual.

Saiba Mais Sobre a Gigi

A Gigi foi criada para facilitar ainda mais a vida dos clientes da Superdigital. Ao entrar em contato com ela, o usuário gerencia sua conta usando um comando de voz.

Entre as capacidades da Gigi de auxiliar o dono da conta, se destacam: desbloqueio de cartões, pedir cancelamentos, consultar saldos, ativar avisos de viagem e consultar cartões de transporte.

Caso o cliente não tenha acesso a internet, a Gigi pode responder suas mensagens via SMS também, e o recurso estará disponível 24 horas por dia.

Superdigital

A fintech foi comprada em 2016 pelo Santander em duas etapas. Primeiramente, o banco pagou R$ 31 milhões. Já na segunda etapa, pagou R$ 119 milhões.

O objetivo do Santander ao comprar essa empresa é alcançar principalmente o público C e D, onde uma parcela dessa população nem tem acesso a contas bancárias.

A Superdigital é uma ótima opção para receber salários e simples para conseguir. O interessado só precisa ter mais de 18 anos e um CPF. Não é feita análise de Score para aprovação, nem exigida uma renda mínima para se tornar cliente.

“Temos muitos clientes que trabalham no ramo da construção civil ou no campo. A Superdigital é uma plataforma de inclusão financeira que tem como objetivo trazer as pessoas que não têm acesso a uma conta bancária para dentro do mercado financeiro. O cliente recebe um cartão Mastercard internacional quando ativa conta e ele pode ser usado como um cartão pré-pago em lojas físicas, mas também tem um recurso de cartão virtual, que viabiliza o uso em compras on-line. Só não dá para parcelar compras”, afirmou em entrevista Felipe Castiglia, presidente da empresa.

Outras Assistentes Virtuais de Bancos

Um exemplo de outra assistente que tem feito muito sucesso é a BIA, do Bradesco. Seu nome, por exemplo, é a sigla para Bradesco Inteligência Artificial. A assistente consegue responder perguntas com facilidade e realiza operações do dia a dia, além de responder as dúvidas dos clientes.

O Banco BMG também já criou a Duda, que consegue até concluir transações financeiras sem a necessidade de um atendente humano. Ela responde seus clientes 24 horas por dia e pode ser acessada através do app do banco.

Por fim, temos a Babi, do Banco Inter. A diretora de marketing do Banco Inter afirmou na época do lançamento do recurso que “ter uma assistente virtual apoiada por uma grande equipe é um caminho natural para um banco 100% digital, mas com essência humana”.

Quer conhecer a Gigi? Então abra sua conta Superdigital e solicite o seu cartão! Basta clicar no botão aqui embaixo:

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*