Na manhã da última sexta, 10, usuários do sistema operacional iOS, do iPhone, relataram dificuldades para acessar aplicativos por conta de uma falha no sistema de login dos apps com o Facebook. Segundo a empresa de Mark Zuckerberg, o erro foi em um software de desenvolvimento (SDK), que muitas plataformas usam para conectar a conta do Facebook com a sua própria rede social.

No Brasil, usuários relataram no Twitter a queda de aplicativos como Spotify, Pinterest, Nubank, Waze e Tinder. O problema, no entanto, já foi resolvido. Após as reclamações, o software foi analisado pelo Facebook e foi detectada uma falha que atingiu apenas os usuários do iOS.

“Estamos cientes e investigando um aumento de erros no SDK do iOS, da Apple, o que está causando o travamento de alguns aplicativos”, afirmou a empresa através de nota.

Falha não é inédita

Apesar de ter sido um problema de poucas horas, não foi a primeira vez que o SDK do Facebook apresentou problema e derrubou vários apps neste ano. Segundo o site americano The Verge, o mesmo software também apresentou problemas em maio. De acordo com um especialista consultado pelo site na época, a ferramenta tende a causar problemas para outros apps sempre que tiver alguma falha no Facebook e é oferecido para as plataformas como uma espécie de conveniência que permite rastrear as conversões de anúncios feitos na rede social.

O que é o SDK do Facebook?

O SDK do Facebook para PHP é uma biblioteca com recursos avançados que permitem que os desenvolvedores de PHP integrem facilmente o login no Facebook e façam solicitações à Graph API. Ele também funciona bem com o SDK do Facebook para JavaScript para oferecer ao usuário front-end a melhor experiência do usuário possível. Mas não é só isso. O SDK do Facebook para PHP facilita o carregamento de fotos e vídeos, o envio de solicitações em lote para a Graph API e muito mais. E o SDK para PHP tem diversos pontos de extensibilidade, dando aos desenvolvedores de PHP total controle sobre como o SDK para PHP interage com seu ambiente de hospedagem específico e estrutura web.

Preciso trocar senha do Nubank, após falha na segurança?

Na última semana, uma falha de segurança expôs os dados de vários clientes da fintech brasileira Nubank. Eram possíveis de ser acessados nos buscadores Google, Bing, Yahoo, entre outros, as informações de número da conta, nome completo e CPF. O pesquisador em segurança digital, Heitor Gouvêa, reportou a falha ao banco digital que, imediatamente, corrigiu o problema. Durante o período em que os dados estavam expostos, no entanto, não há garantia de que não foram visualizados por pessoas mal intencionadas.

Apesar das senhas não terem sido incluídas no pacote de dados do vazamento, para que você se proteja de um ataque cibernético, a orientação é modificá-las. Fazer essas alterações é bem rápido e fácil. Confira, na sequência.

Como alterar a senha do cartão Nubank?

O Nubank pede duas senhas, sendo uma para acesso ao aplicativo, com oito dígitos, e outra com quatro dígitos, usada para passar compras em estabelecimentos físicos, pagar boletos, fazer transferências etc.

Para mudar a senha de oito dígitos: acesse o aplicativo com a sua senha atual, vá até o menu “Perfil” e clique na opção “Alterar senha de acesso”;

Para mudar a senha de quatro dígitos: acesse o aplicativo, vá até o menu “Perfil”, clique em “Senha de quatro dígitos”.

Cadastro por biometria

Além das duas senhas indicadas, para ter mais proteção na sua conta Nubank, é possível adicionar o cadastro para biometria, disponível tanto para Android como iOS. Para ativar a opção, basta acessar as configurações do app e clicar em “Proteção do app”.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*