Fatura do cartão de créditos em atraso, contratempos, preocupações com os boletos, compras emergenciais, situações corriqueiras que tiram o sono de qualquer pessoa. Com tantos imprevistos precisamos saber a hora e qual tipo de empréstimo devemos recorrer.

Empréstimo pessoal, o primeiro que nos vem à mente

É o modelo de empréstimos mais solicitado junto as financeiras e bancos. Após uma análise sobre seu crédito, se aprovado é liberado o dinheiro.

Prós

  • Agilidade na contratação;
  • Acessibilidade, desde que seu nome não esteja negativado.

Contra

  • Taxa de juros elevadas;

Empréstimo Consignado

Esse modelo gera o desconto diretamente no salário do contratante, mais usualmente com aposentados e pensionistas, e se limita a uma certa porcentagem do salário.

Prós

  • Taxa de juros menor, já que a instituição tem a garantia do recebimento em relação ao salário do contratante para liquidar as parcelas.

Contra

  • Restrições a quem é conveniado com a instituição bancária, aposentados e pensionistas do INSS;
  • Sem chance de reagendamento dos descontos, independente da sua situação será descontado do salário o valor da parcela.

Empréstimo por penhor

Para essa modalidade de empréstimo é necessário que o contratante apresente algum bem para avaliação, após a validação desse bem será concedido o valor correspondente a ele com data para quitação do débito e assim reaver o bem.  

Prós

  • Sem análise de crédito, negativados tem total liberdade em solicitar o serviço.

Contras

  • Taxas de contratação e juros bastante elevados;
  • Perda de propriedade do bem, levando em consideração que avalição feita pela instituição e inferior ao valor real do bem.

Refinanciamento de Imóveis

Conhecido também como home equity, é uma modalidade muito praticada no Estados Unidos, onde você coloca seu imóvel como garantia de pagamento, caso não consiga quitar a dívida, seu bem será utilizado para pagar o débito.

Prós

  • Taxas de juros inferiores já que a garantia seria o próprio imóvel financiado;
  • Prazos para quitação elevados, ultrapassando os 15 anos para pagamento.

Contra

  • O imóvel fica vinculada ao banco, conhecido como alienação fiduciária;
  • A avaliação do bem e análise jurídica também são requerimentos da instituição e tem valores bem elevados;
  • Alto risco de perda do imóvel casa não seja quitada as parcelas na data correta.

Antecipação da restituição do Imposto de Renda

Nesse empréstimo se solicita o valor da restituição do IR do próximo ano.

Prós

  • Taxa de juros reduzidas, pois têm a garantia de pagamento.

Contra

  • Possibilidade do valor da restituição ser paga em lotes residuais no ano seguinte.
  • Menos tempo para quitação pois o empréstimo é feito de acordo com calendário de pagamento da Receita Federal, o que pode não ser pago no tempo necessário para pagamento da dívida.

Antecipação do 13º salário

Crédito para quitação quando for pago o 13º salário

Prós

  • Taxa de juros menores devido a garantia de pagamento.

Contras

  • Não há possibilidade de mudança de datas;
  • Período de festas de fim de ano e compromissos de início de ano como IPVA, IPTU, material escolar.

Crédito Pessoal pela internet

Tipos de empréstimos realizados pela internet sem loja física.

Prós

  • Taxa de juros menores, pois os custos para oferecer os serviços são menores;
  • Serviço prático e discreto.

Contra

  • Por ser empresas de cyber serviços, sua análise é mais criteriosa, para terem a garantia de recebimento do valor ofertado;

Cheque especial

Nessa modalidade é disponibilizado crédito para cobrir saldo negativo em sua conta, ocorre de maneira automática, sem a necessidade de contratação.

Prós

  • Predisposto em sua conta sem a necessidade de ir a agência física.
  • É creditado de forma automática, cobrindo exatamente o seu débito, tendo a possibilidade de ser pago a qualquer momento.

Contra

  • Taxa de juros exorbitantes, é necessário uma atenção maior referente a esse empréstimo, recorrendo a essa alternativa somente em último caso.

Rotativo do cartão de crédito

Esse crédito é disponibilizado quando você não tem o todo o valor para quitação da fatura do cartão de crédito, postergando o restante para o mês seguinte.

Prós

  • Facilidade da contratação;
  • Boa margem para optar, basta pagar qualquer valor inferior ao valor total da fatura do cartão de crédito.

Contra

  • Taxas de juros exorbitantes, chegam a ser mais altos que as taxas cobradas no crédito de cheque especial.

Com essas modalidades listadas você já está munido de informações para escolher o qual delas se enquadra melhor a sua situação.

Lembrando que sempre se deve solicitar informações sobre as taxas de juros e o valor efetivo que será pago ao final de cada transação.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário