Eles estão por todos os cantos e são os responsáveis pela maioria absoluta das transações financeiras no Brasil: os maiores bancos do país. Alguns têm mais de 200 anos, outros foram fundados recentemente. A maioria é brasileira, mas também temos estrangeiros “infiltrados” nessa lista.

É claro que os bancos em atividade no Brasil estão longe do valor de mercado e do lucro de gigantes chineses e americanos, como o Bank da China, que lucra cerca de 230 bilhões de dólares por ano! No entanto, alguns deles estão entre os 100 maiores do mundo e dentre os maiores da América do Sul.

Ainda em dúvida sobre quais são esses bancos? Então, para acabar com sua curiosidade, o UNUM criou uma lista com os 7 maiores do Brasil na atualidade. Essa lista considera um estudo realizado pela Valor Econômico, que usou dados disponibilizados pelo Banco Central em 2019, referentes ao ano de 2018. Confira a lista a seguir!

Itaú Unibanco

O Itaú Unibanco, popularmente chamado de Itaú, é o maior dentre os bancos brasileiros. Seu gigantismo é resultado da fusão entre o Banco Itaú e o Unibanco, duas das maiores instituições financeiras do país, o que acabou resultando na criação da maior empresa de atividade financeira de todo o hemisfério sul.

Com sede em São Paulo e mais de 91 anos de atuação, o banco tem mais de 90 mil funcionários e cerca de 55 milhões de clientes e em 2018 teve o impressionante lucro de 27,8 bilhões de reais!

Banco do Brasil

Com economia mista, 50% das ações pertencem ao Governo, é o maior banco estatal brasileiro. E também é um dos mais longevos, fundado em 1808, com mais de 200 anos de atuação no país. São mais de 15 mil pontos de atendimento distribuídos pelo país, entre agências e postos.

Além disso, 95% de suas agências possuem salas de autoatendimento com cerca de 40 mil terminais que funcionam além do expediente bancário. São cerca de 150 mil funcionários e estagiários distribuídos pelo país e seu lucro em 2018 foi de 12,8 bilhões de reais.

Bradesco

Fundado em 1943 em Marília, no interior de São Paulo, é o banco privado com maior presença nos municípios brasileiros. O Bradesco soma mais de 28 milhões de clientes em todo o Brasil e emprega um número próximo a 100 mil funcionários.

Em 2019, foi eleito a marca mais valiosa do Brasil pela revista Istoé Dinheiro e o banco tem valor de mercado de 284 bilhões de reais.

Caixa Econômica Federal

A Caixa é o maior banco 100% público do país, ou seja, pertence ao povo brasileiro e é de responsabilidade do Governo Federal. São 159 anos de fundação e a Caixa é responsável por grandes programas de auxílio aos brasileiros, como o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial.

A Caixa tem cerca de 60 mil funcionários e seu lucro em 2018 foi de 12,7 bilhões de reais. Seus lucros em 2018 superaram os 15 bilhões de reais.

Banco Santander Brasil S.A.

Subsidiária brasileira do gigante espanhol Santander, é também a maior representação de um banco estrangeiro no país. Cresceu anexando bancos menores como o Banco do Comércio e o Banco Noroeste, mesma ideologia que fez a instituição crescer pela Europa.

Foi fundada em 1982 e tem mais de 34 milhões de clientes só no Brasil, com cerca de 50 mil funcionários nas agências do país. Seus valor de mercado supera os 110 bilhões de reais.

Banco Safra

Fundado em São Paulo em 1955, o Banco Safra funciona em uma linha múltipla, promovendo uma ampla linha de produtos e serviços financeiros. Uma curiosidade é que o banco pertence a um único proprietário, o empresário Joseph Safra, considerado o segundo homem mais rico do Brasil.

Em 2018, data do último estudo, o Safra teve lucro de mais de 2 bilhões de reais. Em 2019 lucrou R$ 544 milhões só no primeiro trimestre.

Banco BTG Pactual

Fundado em 1983, o BTG Pactual é sediado no Rio de Janeiro e hoje é administrado por uma sociedade de mais de 150 empresários. É o único destes bancos que sofreu queda nos últimos anos.

O BTG também atua como Asset Management, participando em diversas empresas em segmentos distintos, como Uol, Mitsubishi, Brazil Pharma e Bodytech. Seu valor de mercado é estimado em 52,25 bilhões de reais.