Quando uma pessoa começa a pensar em ter um negócio, seja ele qual for, muitas decisões precisam ser tomadas: tipo do negócio, produto ou serviço que vai ser vendido, tipo de público com quem se deseja relacionar, quantidade de colaboradores – se é que ele vai ter, logística de entregas, espaço de trabalho, despesas fixas, gastos variáveis e claro, a gestão disso tudo.

Após o momento da tomada de decisões, outros desafios começam a aparecer na vida do empreendedor. É chegado o momento de tirar do papel todo o sonho e o planejamento. Partir para a parte prática requer doses de coragem e disciplina religiosa para que o negócio se perpetue e saia daquele imaginário que diz que empreendimentos não duram mais de dois anos.

Assim sendo, um dos aspectos importantes e que merecem uma atenção toda especial é a gestão da financeira da conta PJ. É através de algumas atitudes (ora simples, ora mais aprofundadas), que o empreendedor pode tomar decisões estratégicas para o presente e o futuro do seu negócio. Muitos são os desafios do empreendedor que resolve dedicar a vida para que seu negócio dê certo e cresça cada vez mais com segurança.

Além de pensar na evolução do negócio em si, um dos principais desafios é estar por dentro de todas as movimentações financeiras da empresa. Ganhos, custos, investimentos e revisões de contas são algumas das tarefas para quem deseja acompanhar de perto o extrato financeiro da conta PJ.

Partindo deste pensamento, confira agora algumas dicas do que pode ser colocado em prática para o desempenho saudável da gestão de uma conta bancária empresarial.

Sugestão 1

Criação real de hábitos: para um bom controle do valor que entra e do valor que sai da sua conta PJ, é necessário que o usuário acesse constantemente seu extrato. Tudo isso para que haja uma noção do fluxo de caixa. Criar hábitos como, por exemplo, ter dia para pagar serviços e fornecedores, ajuda bastante no controle financeiro. Outro aspecto importante é o acompanhamento de custos programados. Observe se contas em débito automático estão dando certo – o mesmo é válido para a movimentação saques, além de cartões de débito e de crédito.

Sugestão 2

Planilha de controle: de nada adianta criar hábitos para checar custos e gastos da sua conta PJ, se você não tiver um material de consulta para avaliar a evolução de seus esforços profissionais. Para que as informações não fiquem perdidas em arquivos aleatórios ou cadernos de anotações, uma planilha pode ser criada com os objetivos de acompanhamento, gestão, análise e, claro, possíveis tomadas de decisões. Uma planilha pode conter os seguintes itens:

  • Espaço para registros de entradas mensais de ganhos fixos e variáveis;
  • Espaço para registros de saídas mensais de custos fixos e variáveis;
  • Espaço para registros mensais de investimentos;
  • Espaço para registros mensais para eventuais quitações de dívidas.

Sugestão 3

Revisão da movimentação financeira: as transações em uma conta nunca são monótonas. Há meses quem que recebimentos são maiores. Em outros períodos eles são menores. A movimentação financeira caminha com a gestão da empresa, com as tomadas de decisões assumidas pelos empreendedores. Por este motivo, a revisão é uma dica importante. Ela permite que, olhando os números de perto, é possível avaliar os rumos financeiros. Este olhar também permite possíveis cortes de gastos, como também observação de aumento e diminuição de rendas.

Sugestão 4

Investimentos: criados os hábitos de análise de fluxos financeiro, entrada e saída de valores no caixa, pode ser que o empreendedor pense em começar a fazer investimentos. Eles podem ser na poupança, em fundos de investimentos ou no tesouro direto. Vale lembrar que olhar para os investimentos também requer o comportamento do hábito e da revisão periódica.

Sugestão 5

Tempo: tire um tempo para olhar para os itens acima. Cuidar do fluxo financeiro da sua conta não pode ser “quando sobrar tempo eu vejo isso”. Separe um momento fixo na agenda (pode ser mensal, quinzenal ou semanal) para olhar com carinho e atenção para seus custos e gastos. Sua empresa merece este tipo de comportamento.

Sugestão 6

Pesquisa: não pare naquele conhecimento que você já sabe. Hoje em dia há diversos veículos de comunicação especializados que se dedicam a avaliações e sugestões para o trabalho em conta PJ. Algumas investidoras também apostam na publicação de conteúdo gratuito com sugestões frescas sobre o universo das finanças – escolha uma de confiança e acompanhe as divulgações. Informe-se pelos jornais tradicionais também. Se possível, tenha um mentor que possa acompanhar bem de perto o seu negócio. Toda informação e formação é bem-vinda.

Sugestão 7

Celebração: a jornada é longa, constante e orgânica. Para sair do ponto do sonho, passando por análises e investimentos, certamente muitos desafios são vividos. Então, para não perder o ânimo (porque pode sim acontecer) celebre as conquistas e aprenda com os equívocos. Sua conta PJ (e seu negócio) tem tudo pra dar certo!

Sugestão final

Não misture sua conta pessoal com a conta PJ: deixe a conta profissional apenas para este fim. Use uma conta separada para gastos pessoais. Essa atitude simples pode evitar grandes misturebas e catástrofes nas finanças da sua empresa.

Opções de contas PJ para abrir hoje

Opção 1

  • Banco Inter: permite a abertura de conta digital para PJ de forma 100% gratuita. Esse banco oferece, por mês, 100 transferências (TED), 100 emissões de boletos, folha de pagamento ilimitada, saque livre e cartão Mastercard (débito).

Opção 2

  • Nubank: possibilita a transferência gratuita (para contas Nubank e outros bancos), quitação de tributos e boletos, depósitos. Além disso, essa conta disponibiliza a função “cobrar dinheiro”.

Opção 3

  • Neon: oferece serviços de manutenção da conta, cartão de débito e cartão virtual totalmente gratuitos. A emissão de boletos e transferências, por outro lado, são pagos. Contudo, os valores são muito abaixo dos bancos tradicionais.

Opção 4

  • Banco Original: cobra uma taxa de R$ 39 por mês. Libera saques ilimitados (BO), seis saques mensais em Banco24Horas, cinco transferências, (TED), 10 transferências entre contas do Banco Original, 20 pagamento
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*