Como citamos, além de ser uma maneira rápida e segura para realizar pagamentos, a fintech também oferece os famosos cashbacks. Sim, eles são reais. O aplicativo oferece cashback em cima das compras e pagamentos realizados, exceto pagamento de boletos, transferências e recargas de celular.

Funciona assim: após o download a cadastro do aplicativo, seu perfil já está ativo e o app te envia algumas notificações de cashbacks, como “pague R$ 50 a um amigo e receba R$ 5 de volta”. Se você realizar algum pagamento naquelas condições no dia que receber sua promoção, automaticamente você recebe a porcentagem desse valor de volta na sua própria conta do PicPay.

Ou seja, com o aplicativo, você ganha dinheiro até quando está gastando.

Obs: Com o dinheiro do cashback, não é possível sacar seu valor em dinheiro, mas você pode utilizá-lo para pagamento de contas, recargas de celular, ou parceiros como Uber e Google Play.

Por Que Confiar no PicPay?

O PicPay é um aplicativo capixaba, lançado em 2012 com o intuito de mudar a forma de fazer e realizar pagamentos e tem a J&F como controladora desde 2015.

Nele, o usuário pode fazer recarga no celular, parcelamento de boletos e serviços, além de ser possível dividir a conta de faturas como água e energia.

Com a meta de sair dos R$ 4 bilhões movimentados para R$ 25 bilhões em 2020, o CEO Gueitiro Genso afirma que a empresa tem crescido muito no país e se consolidado no mercado financeiro com 500 mil novos usuários por mês.

Taxas e Tarifas

Mesmo sendo um serviço de transferências gratuitas, o PicPay incide uma cobrança em três casos: recebimento de pagamentos via cartão de crédito, excedente de R$ 800 em pagamentos recebidos no aplicativo e pagamentos de boletos usando o cartão de crédito.

O primeiro, nós já explicamos na conta PRO. Para recebimento de pagamentos via cartão de crédito, o limite estabelecido pela fintech é de R$ 800 por mês.

Caso esse valor se exceda, são cobrados, 1,99% proporcional ao valor excedido. Por exemplo, se o valor que você vai receber é de R$ 1.200, a transação é gratuita até R$ 800. A taxa somente incide sobre a diferença.

As transferências entre duas contas PicPay são gratuitas, mas, algumas taxas também são cobradas ao pagar boletos usando o cartão de crédito, veja:

Se os boletos forem pagos via cartão de crédito, incidem 2,99% sobre o valor total, e o parcelamento tem tarifas de 2,99% + 3,49% sobre cada parcela.

Benefícios

Os benefícios do PicPay são extensivos para pessoa física e jurídica, o que faz com que a fintech seja escolhida entre mais de 1,5 milhões de comerciantes pelo Brasil. Confira abaixo os principais:

  • Pagamentos sem taxas: com o PicPay você paga e recebe dos amigos na hora, e sem cobrança de taxas.
  • Parcelar boletos: usando o aplicativo, é possível pagar suas contas e boletos pelo próprio celular e, inclusive parcelar os boletos em até 12x no cartão de crédito.
  • Parceiros PicPay: algumas empresas que oferecem produtos e serviços possuem uma parceria com o aplicativo que permite ao cliente pagar todas as contas em um só lugar e de onde estiver, como Uber, recarga de celular, cartão de transporte, jogos e muito mais.
  • Deixe a carteira em casa: quando você tem PicPay, não precisa andar com cartão e dinheiro. O app escaneia o QR code de maquininhas da Cielo e realiza seu pagamento em mais de um milhão de estabelecimentos. Fácil não?
  • Guardar dinheiro: ao deixar seu dinheiro no PicPay, ele rende mais do que a poupança. Seu rendimento é automático e equivalente a 100% do CDI.
  • Cashbacks: semanalmente, o aplicativo envia opções de pagamentos utilizando o PicPay que devolvem parte do valor gasto na operação direto para o app do cliente. 

Agora que você sabe o que é PicPay e como ele funciona, não existe mais a desculpa de não poder comprar nada porque está sem o cartão. 

Deixe nos comentários quais benefícios te chamaram mais atenção, baixe logo seu aplicativo e aproveite todos as vantagens que esse novo método de pagamento tem para te oferecer.

91 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*