Este cadastro tem por objetivo informar a pontualidade do consumidor no pagamento das suas contas, registrando compromissos e hábitos de pagamentos.

Com base nesses registros, é criada uma lista com o nome dos bons pagadores e daqueles que cumpriram seus compromissos em dia.

Os bancos fazem essas anotações na ficha do consumidor e, com a autorização do consumidor, compartilham os dados entre si para facilitar na aprovação de crédito.

Autorização Automática

Com a inclusão compulsória do cadastro que entrou em vigor em 2019, mais de 120 milhões de consumidores foram listados com operações de crédito em 5 bancos: Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa.

No entanto, essa adesão automática pode trazer impactos negativos.

Pessoas com débito aberto,por exemplo, devem resolver suas pendências financeiras antes de entrar no cadastro ou avaliar sua permanência.

Isso porque se elas permanecerem no cadastro positivo, correm o risco de reduzir drasticamente seu score (pontuação utilizada pelas empresas para avaliar o risco de crédito e probabilidade de pagamento).

Ricardo Rocha, professor de finanças do Insper, aponta que neste momento, os consumidores precisam “fazer uma varredura com objetivo de identificar se existe pendências em seu nome para evitar problemas.”

Como uma das informações vitais desse índice é a pontualidade de pagamento, ele ainda aconselha aos compradores a não falharem nesse quesito.

“Tem alguns casos de pequenos equívocos que acabam negativando as pessoas por valores baixos. Com a ativação do cadastro, o momento é de fazer uma varredura, porque vão entrar as contas de concessionárias de serviço no histórico e, às vezes as pessoas atrasam essas obrigações por descuidos”, conclui Rocha.

Informações do Cadastro Positivo

Acompanhe abaixo os principais dados presentes no Cadastro Positivo.

  • Nota de crédito
  • Índice de pontualidade de vencimentos
  • Índice de comportamento de gastos
  • índice de consultas que o CPF do consumidor tem por segmento de empresas
  • Histórico detalhado da rotina de pagamentos
  • Obrigações financeiras do CPF ou CNPJ

De acordo com Elias Sfeir, presidente da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), ainda estão agendados par aos próximos meses a inclusão do sistema de informações de consumo e pagamentos de empresas de telecomunicações, utilidades (água, luz e gás) e dados do setor varejista.

Como Tirar Meu Nome do Cadastro Positivo?

A saída do Cadastro Positivo pode ser feita a qualquer momento.

Basta solicitar formalmente a exclusão diretamente com os gestores dos bancos de dados.

Este contato pode ser feito online, ou presencialmente e o processo dura em torno de dois dias.

Para os usuários que desejarem fazer a exclusão sem precisar realizar os cadastros nos sites dos birôs, o SPC e Boa Vista oferecem o serviço por telefone, através do número 0800-887-9105, do SPC e 0800-727-0201, do Boa Vista.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*