O Banco Central acaba de lançar um sistema de pagamento eletrônico, denominado Pix. Sua intenção é permitir transações financeiras como transferências e pagamentos, em até dez segundos. 

Essa tecnologia será obrigatória em todos os bancos e instituições financeiras com mais de 500 mil clientes e, eles tem o prazo de se adequar a ela até o dia 16 de novembro.

Uma grande vantagem da Pix, de acordo com o presidente do Banco Central Roberto Campos Neto, é que ela promete baratear os custos das transações tipo DOC e TED, mas, mesmo assim, as instituições bancárias terão a liberdade de definir tarifas aos clientes.

Como Funciona

A Pix é uma plataforma do BC, que poderá ser utilizada pelos aplicativos de qualquer banco ou fintech para fazer transações de pagamentos ou transferências.

Usando essa ferramenta, será possível realizar essas operações financeiras durante 24 horas por dia, sete dias por semana e em todos os dias do ano.

“Esse é um dos projetos mais importantes que temos neste ano”, disse Campos Neto em coletiva de imprensa em São Paulo. “O mundo demanda meios de pagamentos que sejam ao mesmo tempo baratos, rápidos, transparentes e seguros”, afirmou o presidente do BC.

Entre as transações que poderão ser realizadas estão transferências de pessoa para pessoa, pagamento de contas ou recolhimento de impostos e de taxas, como taxas aduaneiras e de passaporte, além de serviços públicos, como transporte urbano.

A transação do pagamento instantâneo na plataforma do BC, poderá ser feita por QR code, uso de chave de endereçamento (senha) ou outras formas, como por aproximação. “Será tão fácil quanto um bate-papo num chat”, disse Pinho de Mello.

Os custos das transações vão depender do mercado, cabendo às instituições financeiras ou bancos definirem suas políticas de preços, que poderão ser inclusive gratuitas.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*