A Verdade Sobre a Poupança

A famosa e tão usada poupança sempre foi uma das formas mais populares de guardar dinheiro, não é mesmo? Porém, nem tudo são flores! Esse meio de investir seu dinheiro não é tão maravilhoso assim e muitas pessoas não sabem as reais características de uma poupança.

Calma e sem desespero! Hoje com esse post vamos te mostrar um pouco do porque esse investimento é considerado um dos piores pelos analistas e consultores financeiros e o que você deve fazer!

Como funciona a poupança:

Para começar, vamos entender como funciona o rendimento da poupança.

Em 2012 o Congresso Nacional aprovou o projeto de Lei nº 12.703 que sanciona a Medida Provisória nº 567 de maio de 2012 que altera a regra de remuneração da poupança, por juros de:

– 0,5% ao mês caso a meta da taxa Selic do ano que é definida pelo Banco do Brasil seja superior a 8,5%

A remuneração da poupança é básica e adicional. Quando falamos de remuneração básica estamos falando que ela é dada pela TR que é a taxa referencial.

Bom, atualmente podemos dizer que a poupança é composta pela remuneração básica e pela remuneração adicional. A remuneração básica é dada sempre pela TR, que é a Taxa Referencial, divulgada diariamente pelo Banco Central, e a adicional pela Taxa Selic. Então, quando a meta da Taxa Selic for superior a 8,5% ao ano, os rendimentos são calculados a 0,5% ao mês, mais a TR. Caso a Taxa Selic seja igual ou inferior a 8,5%, a poupança rende 70% da Selic ao mês, mais a TR.

Poupança também têm data de aniversário

Uma questão que ninguém leva em consideração é que a poupança rende de acordo com sua data de aniversário. Vamos supor, você coloca no dia 20 de janeiro um valor em sua poupança, você só receberá o rendimento dele no dia 20 do próximo mês. Sacou?

Sem contar que quando é final de semana, pode esquecer, seu rendimento será contado só no próximo dia útil! Se programe de acordo com as datas para não passar sufoco., em?

A poupança é o investimento mais seguro?


Ta aí uma pergunta que pode te intrigar, não é mesmo?
Pois é, você está enganado se acha que o investimento em poupança é o mais seguro que existe por aí!
A poupança oferece a mesma garantia e segurança que outros investimentos de renda fixa no mercado como por exemplo: CDB, LCI, LC, RDB, LCA e outros possuem a cobertura FGC que é o fundo garantidor de Crédito.

O FGC foi criado para melhorar a segurança dos sistemas financeiros do país. Um exemplo de segurança é o fato do banco ou financeira declarar falência e você ter a segurança de que o FGC irá cobrir todos os seus investimento num limite de até R$250 mil.

Ou seja, esse benefício não fica só para a poupança!

Vai nessa que a poupança é a menos complicada

Assim como a segurança, outros meios de financiamento são facinhos de usar. Não caia nesse mito que a poupança é a única sem complicação. Apesar de ser fácil, os outros não ficam pra trás mesmo!

Agora que você já sabe várias características e mitos da poupança, sinta-se livre e não se prenda no que ouviu a vida inteira. Busque e pesquise o melhor meio de investimento!

Publicado por: Eveline