Variação do Dólar: O Que Ela Tem a Ver Com a Sua Vida?

  • Por: Equipe | 26/06/2019 - 18h00

A gente vê e ouve tanto falar sobre preço do dólar, será que ele realmente influencia nossa vida dessa maneira?
Hoje, mais cedo, em uma fila de padaria, ouvi um diálogo em que uma pessoa dizia sobre o aumento do dólar e a outra dizia que isso era ruim para todo mundo.
Creio que esse tema seja muito mais profundo do que uma simples conversa de fila de padaria, então resolvi trazer com mais detalhes o que a variação do dólar por causar.

Cotação

Primeiro temos que entender o que é o dólar e o que determina seu valor.
Muito mais que uma moeda estrangeira, o dólar é também um ativo sujeito as variações mercadológicas.
Isso quer dizer que o dólar, como ativo, está sujeito a variações de oferta, procura e pressões de mercado muito superiores ao que o governo consegue controlar.

O dólar em alta

Quando a balança comercial fica desfavorável, quer dizer que importamos mais do que exportamos e então tivemos que comprar dólar, o que aumenta a demanda pela moeda estrangeira e faz o real desvalorizar.
Além do déficit comercial, existem outras ações que nosso governo tomam que favorecem essa alta do dólar

  • Quando nós, brasileiros, saímos e vamos fazer turismo em países estrangeiros, levamos dinheiro interno para fora do Brasil.
  • Toda crise política (e que não são poucas) aumentam o risco de se investir no país e faz a demanda pelo real cair bastante, desvalorizando-o. Afinal, ninguém quer investir em um país instável e retiram os dólares de circulação.

Então por mais que seja ruim para muita gente, para os exportadores o dólar alto pode ser uma maravilha! Quanto mais caro o dólar, mais estará ganhando na venda.
Tirando os exportadores, é ruim para todas as pessoas pois dependemos de mercadorias importadas a todo momento em nossas vidas.

O dólar em baixa

Temos aqui quase uma distopia se considerarmos a economia atual. Para o dólar entrar em queda precisaríamos aumentar a demanda por real ou reduzir a demanda por dólar.

  • Um cenário político estável e confiável para o mercado externo
  • Superávit comercial mostrando que estamos vendendo mais do que comprando.

Resumindo: para o dólar abaixar, o Brasil vai precisar de muita coisa antes, praticamente ser outro país ou ter outro governo.
Agora, no outro cenário de dólar baixo, nós vemos mais no dia a dia, afinal, o Brasil é um país que compra mais do que vende.

Basicamente, comprando com o dólar em baixa, você pagará menos e poderá comprar mais.
Para o turismo é excelente ter o dólar em queda. Quanto menor o dólar, mais você poderá viajar e comprar ao redor do mundo. Até mesmo trazer aquelas lembranças que os parentes ficam pedindo.
Como os pacotes de viagens internacionais são cotados em dólar, se você pretende viajar é bom começar a rezar por uma queda do dólar.

Conclusão

Somos influenciados a todo tempo pelo aumento ou queda do dólar.
Mesmo que o produto seja produzido internamente no país, ele pode acabar usando matéria prima ou insumos importados ou até mesmo ser exportado depois de pronto. Então praticamente tudo está ligado a cotação do dólar.

Agora é com você! Compartilhe o conteúdo para que mais pessoas possam saber sobre o dólar.

Recomendados
Sem Comentários