Há alguns anos atrás as pessoas não possuíam tanto acesso à viagens. Primeiro que muitas vezes não tinham condições para isso, segundo que não existiam tantas facilidades e informação.

Mas ainda nos dias de hoje existem pessoas que não sabem por exemplo que é possível economizar em suas viagens ao utilizar cartões de crédito, isso porque a maioria deles possui algum tipo de programa de benefícios, geralmente com pontos que podem ser trocados por milhas ou em alguns casos mais específicos até mesmo as próprias milhas.

Mas nem sempre as milhas são algo tão maravilhoso, às vezes na hora de trocar seus pontos por elas você acaba ficando um pouco em desvantagem, ou elas não são suficientes para a viagem e é preciso comprar mais (o que não costuma sair muito barato) ou ainda completar com dinheiro para conseguir utilizá-las. Por isso você pode se perguntar: “será que vale a pena comprar passagem com milhas?” Para te responder essa questão preparamos o artigo a seguir.

O que são milhas e como funcionam?

As milhas aéreas se tratam de um sistema de pontuação que as companhias aéreas utilizam para fidelizar o cliente. Existem várias maneiras de adquiri-las, sendo estas por meio de viagens através da companhia, assinaturas em seus clubes e programas de fidelidades de cartões de crédito ou de outros tipos, já que algumas companhias aéreas têm parcerias com empresas como redes supermercado, postos de combustível, farmácias, lojas online, entre outras.

Através das milhas dá pra adquirir passagens aéreas sem desembolsar nada ou gastando menos. Mas vale destacar que embora não exista uma quantidade fixa de milhas para adquirir passagens, já que vai depender muito da companhia aérea, do destino e das características do voo, o valor para troca não costuma ser muito baixo, algo em torno de aproximadamente 5 mil milhas para viagens nacionais e no mínimo 10 mil milhas para viagens internacionais.

Porém em promoções é possível adquirir passagens aéreas por um valor inferior de milhas, por isso vale ficar atento à elas. Caso você viaje com muita frequência vale a pena também se cadastrar nos sites de várias companhias aéreas, para comparar em qual delas suas milhas podem render mais, aí então escolher somente uma para concentrar sua pontuação.

Vantagens e desvantagens relacionadas as milhas aéreas

As milhas aéreas podem ser muito vantajosas para uns, porém nem tanto para outros, isso vai depender muito do seu perfil de usuário. Para entender melhor, trouxemos aqui as vantagens e as desvantagens das milhas aéreas.

Vantagens

  • São um tipo de bônus proveniente de compras que você provavelmente já iria realizar, por isso exceto no caso de compras de milhas ou assinaturas de clubes, você não irá ter custos para obtê-las.
  •  Com as milhas é possível comprar passagens gastando menos ou até mesmo não gastando nada.
  •  As milhas servem também para a aquisição de pacotes de viagens, hospedagens, aluguel de veículos e upgrades no voo.
  • Algumas companhias aéreas chamam seus benefícios de pontos e não milhas, o que é o caso das companhias Latam e Azul, porém isso não interfere na utilização dos mesmos para trocas por passagens aéreas. A diferença é que esses pontos podem também ser utilizados para a aquisição de vários outros produtos.

Desvantagens

  •  Muitas vezes na hora de trocar seus pontos por milhas, você pode acabar ficando de certa forma no prejuízo, já que a equivalência de um para o outro pode não ser muito justa.
  • Utilizar suas milhas para comprar passagens aéreas muitas vezes pode não ser vantajoso, algumas vezes você pode lucrar mais com a sua venda.
  •  As milhas ou pontos normalmente possuem um prazo de validade, por isso é preciso ficar atento. Esse prazo vai depender da companhia aérea, do programa de fidelidade e se você é assinante de algum clube, algo geralmente entre 24 ou 36 meses (exceto no caso de assinantes de respectivos clubes, que em alguns planos podem adquirir milhas sem prazo de validade).
  • Utilizar milhas para viagens em família pode ser trabalhoso, devido às ofertas, horários, condições de voo e disponibilidade.
  •  Muitas vezes as pessoas pagam mais caro em passagens porque vão render milhas ou pagam anuidade de um cartão de crédito (que pode ser alta) para obter mais delas. É preciso ficar atento e calcular, isso pode não valer a pena.
  •  Mesmo ao utilizar suas milhas para completar a passagem fique atento se realmente vale a pena e se não está “trocando seis por meia dúzia” ou até menos!
  • Ao assinar clubes e adquirir aceleradores de milhas também é preciso fazer os cálculos pra ver se realmente vale a pena.

Mas afinal vale a pena comprar passagem com milhas?

Bem, para chegar a uma conclusão sobre essa pergunta é necessário analisar todos os prós e contras e não ter preguiça de fazer os cálculos, saiba quanto valem as milhas do seu programa e qual o preço da passagem em reais, para ver se há uma compensação justa. Isso porque vai depender muito do momento, em alguns elas podem render o justo ou mais, já em outros não.

É preciso ficar atento também às condições do voo, se as da passagem que você vai comprar com milhas são compatíveis com as que você vai comprar no dinheiro, muitas vezes dá pra comprar uma passagem com valor equivalente e condições melhores no dinheiro do que com milhas, ou vice e versa.

Geralmente não costuma ser vantajoso adquirir sua passagem através de milhas em altas temporadas, onde os valores para a aquisição estarão nas alturas, assim como no dinheiro. O grande porém é que nessas épocas as companhias aéreas já tem um grande fluxo de vendas, por isso fica difícil adquirir passagens com boas condições. É válido para aproveitar ao máximo, se possível, deixar pra comprar suas passagens com milhas fora de temporada.

Pode valer mais a pena comprar passagens com milhas quando está tendo uma oferta muito vantajosa, onde suas milhas realmente tenham o mesmo valor do que se você fosse por exemplo vendê-las, ou mais.

Pode ser vantajoso também, adquirir suas passagens aéreas através de milhas em determinadas datas e horários, já que assim como no dinheiro, em alguns voos as milhas valerão mais do que em outros, dessa forma dá pra ter mais rentabilidade ao utilizá-las do que com a sua venda.

Não vale a pena fazer uma viagem de supetão e sem planejamento só pra gastar o saldo de milhas que está prestes a vencer, por isso não se precipite ou se desespere para utilizá-las, assim você pode perder dinheiro. Elas geralmente são transferíveis, por isso é possível vendê-las. Você pode fazer isso utilizando plataformas especializadas na compra e venda de milhas aéreas, estas se tratam de empresas que administram suas milhas para valorizar ao máximo o seu saldo. Alguns exemplos desse tipo de plataforma são: 123 Milhas, HotMilhas e MaxMilhas.

Muito raramente vai valer a pena comprar milhas, quando isso for necessário geralmente será mais vantajoso vender suas milhas e comprar sua passagem aérea em dinheiro. Mas ainda assim, você pode pesquisar em plataformas como as que citamos por exemplo, para comparar o preço das milhas e o valor da passagem em dinheiro, em algumas situações, como no caso de faltarem pouquíssimas milhas para adquirir a passagem e a oferta estiver realmente imperdível, pode até valer a pena.

Compartilhe com seus amigos e conta pra gente o que você acha!

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*