Recentemente, o Nubank – fintech conhecida por oferecer autonomia financeira a milhares de brasileiros –  divulgou um comunicado dizendo que pode cancelar o cartão dos clientes que usarem as ferramentas disponíveis nas carteiras digitais para pagar a fatura do cartão de crédito com o próprio roxinho.

Motivo? Muitos clientes usam essas ferramentas para contornar o sistema de pagamento de contas do cartão, renovando suas faturas antes do vencimento.

De modo geral, as carteiras digitais ajudam muitas pessoas a se organizarem financeiramente, mas ultimamente, elas têm incomodado o Nubank. Entenda abaixo como essa fraude funciona na prática.

Pagando Faturas Com as Carteiras Digitais

As plataformas de pagamento digitais estão cada vez mais comuns. Nelas, você pode realizar transferências online e adquirir produtos e serviços de maneira rápida e simples.

Além disso, os clientes das carteiras digitais, como Mercado Pago, PicPay ou Recarga Pay podem quitar o boleto da fatura com o próprio limite do cartão de crédito.

Há algum tempo, o Nubank descobriu que muitos usuários estão usando essa ferramenta cadastrando seu cartão de crédito nas plataformas e pagando a fatura com o próprio roxinho.

Agindo dessa maneira, os clientes estão postergando sua fatura, evitando assim juros por atraso de pagamento. Na plataforma da fintech, o Nubank afirma que:

“Essa prática faz com que o pagamento da fatura seja sempre adiado, assim os débitos não são quitados e sim inseridos novamente na fatura seguinte como valor de compras.”

Nubank Pode Cancelar Cartões de Quem Usa Esses Truques

NÃO estamos dizendo que usar carteiras digitais com o seu Nubank cadastrado é proibido. Pelo contrário, em comunicado, o Nubank afirma que é possível utilizar as carteiras digitais para todas as suas funcionalidades, como:

  • Recargas de celular,
  • Pagamentos via QR Code,
  • Receber cashbacks,
  • Quitar boletos de contas de consumo, como água, luz e telefone, por exemplo.

“Porém, o uso do cartão para pagamento da própria fatura ou para depósitos na NuConta pode acabar gerando um problemão para o cliente – ir rolando a dívida pode gerar uma bola de neve difícil de ser combatida.”

Sendo assim, cliente Nubank que usar seu cartão para pagar a própria fatura poderá se endividar com o limite do roxinho, e ainda corre o risco de ter o seu uso do crédito considerado INDEVIDO pelo banco.

Uso de Cartão Indevido

A fintech acrescentou que esse tipo de situação pode ser caracterizada como desrespeito do contrato assinado entre a empresa e o cliente, portanto, para estes fins, os termos do Nubank estabelecem que o cartão pode ser cancelado se houver “utilização indevida que desrespeite qualquer condição presente neste Contrato”.

Esta medida pode ser tomada “a qualquer momento e sem a necessidade de especificar o motivo”; neste caso, o banco avisará o cliente por escrito com 5 dias de antecedência.

Nubank Cobra Juros de Até 14%

A fintech emitiu esse alerta aos seus clientes alegando que eles podem ser prejudicados com as faturas se acumulando. No entanto, o Nubank também precisa proteger seu orçamento financeiro, já que é um dos bancos digitais com a maior taxa de juros rotativos.

Ao postergar o vencimento da sua fatura, o cliente de certa maneira prejudica os lucros do banco, pois seu rotativo é de até 14% ao mês, dependendo do cliente.

Mais uma vez, o banco reforça que aqueles que estão com dificuldades de pagar sua fatura, devem solicitar um acordo junto ao Nubank, ou até mesmo contratar seu empréstimo pessoal, com uma taxa cerca de 4,13% mensais.

O que você achou da nova medida do Nubank quanto as fraudes em carteiras digitais? Deixe seu comentário abaixo

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*