A Caixa Econômica Federal (CEF) liberou a retirada de até R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), mas os trabalhadores que não quiserem usar esse dinheiro podem avisar o banco que preferem que o valor fique no fundo. De acordo com especialistas, a retirada do dinheiro só deve ocorrer para o pagamento de dívidas ou para formar uma reserva de emergência, já que com a Selic baixa, não compensa investir. Assim, quem preferir não mexer nesse dinheiro pode informar à Caixa pelo aplicativo FGTS ou pelo site da Caixa. Clientes do banco também podem fazer essa opção pelo internet banking.

Fique ligado! A indicação de que não deseja sacar o FGTS emergencial deve ser feita até dez dias antes do início do seu calendário de depósito na conta. Nascidos em abril, por exemplo, têm até esta sexta (10) para fazer a solicitação.

Acompanhe, na sequência, como fazer o pedido pelo app e pelo site.

Solicitação pelo aplicativo

1. Baixe o aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS e clique em “Entrar no aplicativo”.

2. Digite seu CPF e clique em “Próximo”. Se não tiver cadastro, clique em “Cadastre-se” e siga as instruções.

3. Informe sua senha e clique em “Entrar”. Se não lembrar a senha, clique em “Recuperar senha”.

4. O sistema pode pedir a confirmação de seus dados, como em qual ano você começou a trabalhar em determinada empresa, em que ano você saiu de algum emprego, ou em qual empresa, de uma lista, você já trabalhou.

5. Aparecerão os termos do contrato de prestação de serviço. Leia e, se concordar, sinalize “Li e aceito os termos e condições”. Depois, clique em continuar. Se quiser, é possível cadastrar o celular para receber informações sobre extrato e depósitos do FGTS via SMS.

6. Na tela inicial, vá em “Saque Emergencial FGTS”.

7. Clique em “Ir para saque emergencial”.

8. A página seguinte mostrará o valor disponível para saque e a data prevista para o dinheiro cair na poupança digital. Para negar o saque, clique em “Solicitar o cancelamento do saque” no fim da página.

9. A próxima página informa que caso o trabalhador opte por continuar, o dinheiro do FGTS emergencial não será disponibilizado. Clique em “Continuar”.

10. Será necessário mais uma confirmação. Escolha “Sim”.

11. A página seguinte trará a confirmação do cancelamento do saque emergencial do FGTS. Clique em “Entendi”. Você será direcionado para a página inicial do aplicativo.

Solicitação pelo site

1. Entre no site da Caixa. Em “Saque emergencial FGTS”, clique em “Acesse aqui”.

2. Será preciso informar o CPF ou o NIS/PIS/Pasep. Clique em “Não sou um robô” e, depois, em “Continuar”.

3. Informe a senha que você utiliza para acessar o extrato do FGTS no site da Caixa. Se não tiver senha ou se não lembrar, clique em “Cadastrar ou esqueceu a senha” e siga as instruções.

4. Se quiser receber alertas mensais do FGTS, informe um número de celular, aceite os termos e clique em “Continuar”. Caso não queira, clique em “Não quero receber extrato do FGTS e notificações em meu celular”.

5. Será informado o valor que você tem disponível. Em seguida, clique em “Continuar”.

6. Aparecerá a data em que o dinheiro será creditado em uma conta poupança digital. Clique em “Não quero receber”.

7. O sistema informará que os valores do FGTS não serão debitados. Clique em “Não quero receber o Saque Emergencial FGTS”.

8. Em seguida, o trabalhador poderá ver a confirmação de que o dinheiro não será creditado automaticamente em conta poupança.

Dinheiro já caiu na poupança digital? O que fazer?

Conforme a Caixa, caso os valores já tenham sido creditados na poupança social digital, como para os nascidos em janeiro e fevereiro, os trabalhadores poderão solicitar que o dinheiro volte para a conta do FGTS. Nesses casos, os valores retornarão em até 30 dias. O pedido também é feito pelo aplicativo FGTS, site da Caixa ou internet banking.

Outra opção é deixar o dinheiro na poupança digital. Segundo a Caixa, se o trabalhador receber o crédito dos valores e não fizer nenhuma movimentação na poupança digital até 30 de novembro de 2020, os recursos voltam para a conta de FGTS, sem perder o rendimento do período.

E quem tem conta na Caixa? Precisa pedir para não receber?
Sim. A Caixa abrirá uma poupança digital para todos, inclusive para quem já tem conta no banco. Se não quiser mexer no dinheiro do FGTS, é preciso fazer o cancelamento ou não movimentar os valores até 30 de novembro de 2020.

Se me arrepender, posso pedir o FGTS depois?

Depende de cada situação. Nos casos em que o dinheiro já foi creditado na poupança digital, e o trabalhador pediu para devolver os valores para a conta do FGTS, não será possível pedir para receber o FGTS emergencial depois. Já o trabalhador que indicar que não deseja receber o FGTS até dez dias antes do início do seu calendário pode mudar de ideia. Nesses casos, a solicitação para saque deve ser realizada até 31 de dezembro de 2020 pelo aplicativo FGTS.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*