O Banco Santander anunciou este mês a aquisição de 50,1% da fintech de pagamentos internacionais Ebury por 350 milhões de euros, cerca de R$ 1,7 bilhão.

A intenção do negócio é, principalmente consolidar o banco espanhol como opção para pequenas e médias empresas em processo de internacionalização ou operações no exterior.

“As pequenas e médias empresas são um importante mecanismo de crescimento em todo o mundo, porque criam novos postos de trabalho e contribuem com até 60% do emprego total e até 40% do PIB nacional nas economias emergentes”, diz a presidente executiva do Grupo do Banco Santander, Ana Botín.

Esse é um importante passo para o Santander iniciar sua expansão na América Latina e Ásia, como estava previsto pela empresa, pois a Ebury opera em 19 países, chegando a processar 16,7 bilhões de euros em pagamentos para 43 mil clientes.

Comunicado Santander

De acordo com o comunicado do Santander, a companhia continuará operando de forma independente, como ocorre com a Getnet, maquininha de pagamentos que também faz parte do grupo, e Sergio Rial, CEO do Santander Brasil, se torna presidente do conselho de administração da fintech.

“O Brasil é um dos mercados com maior potencial de internacionalização de suas empresas de pequeno e médio porte, que tradicionalmente lideram os processos de retomada do crescimento econômico, e esse raciocínio também é válido para os demais mercados da América Latina”, disse Rial no comunicado.

Sobre a Ebury

Ebury possui uma influência mundial oferecendo serviços de pagamento internacional e comércio exterior com preços competitivos.

Com sede em Portugal, a empresa oferece um benefício ao cliente facilitando suas transações internacionais sem precisar de um escritório no outro país, por exemplo.

Com o foco em eliminar fronteiras financeiras, a fintech dispõe aos seus clientes serviços financeiros que geralmente só estão ao alcance de grandes empresas, além de serviços de câmbio e tecnologia própria para garantir a agilidade das transações.

Com mais de 40.000 clientes em toda a Europa, a Ebury é reconhecida pela Bloomberg pela exatidão das previsões cambiais, incluída no ranking que reconhece as 50 fintech mais inovadoras da Europa e vencedora do prêmio “2016 European Fintech Awards & Conference” na categoria de pagamentos.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*