Hoje em dia a internet é uma ótima ferramenta para se ganhar dinheiro na internet. As pessoas buscam cada vez mais ter uma renda de forma independente ou mesmo uma maneira de aumentar seus ganhos. É possível ganhar dinheiro de casa, usando seu próprio computador e com autonomia para gerir seu tempo. Abaixo, separamos algumas dicas de como isso é possível.

1. E-commerce: as lojas online

Grandes empresas investem cada vez mais em vendas online e algumas até lucram mais pela internet do que em uma loja física. Então, por que você não pode montar a sua? Através do e-commerce, o processo de venda pela internet, é possível vender um produto próprio ou revender através da rede. Este conceito de venda ainda está livre de aluguel de espaço, gastos básicos (luz, água, condomínio) e tudo pode ser divulgado em ambientes virtuais até mesmo gratuitos.

2. Venda e revenda através de sites

Se você quer vender ou revender produtos, mas não quer fazer um investimento como criar um site, você pode fazer isso através de plataformas existentes. Alguns exemplos são o Mercado Livre, a Olx ou o eBay e utilizando desses recursos, você pode vender produtos mais difíceis de serem encontrados ou por um preço mais baixo.

3. Seja um freelancer

Outra forma de lucrar prestando serviços é o ‘freela’. Se você é produz textos, tem conhecimentos de design, escreve ou fala outra língua, programa, entre outros, você pode ganhar dinheiro pela internet. Existem várias plataformas gratuitas com trabalhos múltiplos e de diferentes nichos. E o melhor: a demanda é constante.

4. Dê cursos e aulas online

Tocar um instrumento musical, ser fluente em inglês, aprimorar suas atividades culinárias: se você é bom em algo, pode investir nisso! Muitas pessoas procuram formas de aprender pela internet e hoje em dia tudo isso pode ser feito através de videoconferência. Além disso, as aulas podem ser gravadas e vendidas posteriormente a pessoas que se interessem no seu trabalho.

5. Crie conteúdo

De tutoriais de maquiagem ao amor por um esporte, a internet é um ambiente democrático que permite espaço para tudo! Se você acredita que é bom em algo, pode investir nisso criando um blog ou um perfil profissional em redes sociais. A primeira regra é produzir com um nível considerável e divulgar bastante.

6. Aposte em entrega de comida

Algo que nunca cai em desuso é comer, ainda que enfrentemos momentos difíceis, como a atual pandemia da Covid-19. Essa é uma boa oportunidade para se investir em entrega de comida, seja almoço, lanches, pizzas, açaí, bolos. Vale usar sua criatividade e disposição. Pesquise preços e ofertas locais e para entregar você pode se associar a aplicativos como o iFood e o Uber Eats.

7. Produção de máscaras de algodão

A crise gerada pela Covid-19 também aumenta a necessidade de nos protegermos. Recentemente o Governo Federal vem estudando medidas para indicar que todos usem máscaras para combater a doença.

Mas vale ressaltar: máscaras cirúrgicas são escassas e destinadas prioritariamente a pacientes contaminados e profissionais da saúde. Quem desejar uma proteção extra pode optar pelas máscaras de algodão, tecido que mantém boa respiração e ajuda a reduzir o potencial de contaminação.

8. Invista em marketing

Com o aumento do trabalho em casa e da concorrência de venda online, o marketing se tornou essencial. Cada vez mais, empresas buscam atrair clientes e essa é uma ótima oportunidade para se investir em cursos da área e especializar-se em técnicas de produção de conteúdo, SEO, social media.

9. Oportunidade para programadores

Esse também é um bom momento para se trabalhar com programação. A criação de sites e aplicativos facilita a comunicação e o trabalho de empresas que lutam para se manter durante a crise. Aliado ao trabalho do marketing, a programação já era uma tendência e se solidifica cada vez mais, inclusive durante esta epidemia.

10. Aprenda algo novo

Outra forma de se sair bem neste momento é se aprimorar, fazendo cursos online, muitas vezes gratuitos. Os cursos podem te capacitar profissionalmente e ajudá-lo a ter um melhor retorno financeiro no futuro.

13 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*