Conta Corrente Sem Tarifas, Um Direito Garantido Por Lei

Saiba informações sobre conta corrente que o banco esconde dos seus clientes.

conta-sem-tarifas

Conta corrente sem tarifas é um direito garantido por lei.

Aposto que essa você não sabia!

Relaxa, pouquíssimas pessoas sabem dessa informação, e os bancos fazem questão de não espalhar por aí.

Difícil encontrar uma pessoa que não tenha ou que não queira ter uma conta bancária.

A comodidade de movimentar dinheiro via cartão e a segurança que esse tipo de serviço tras, faz com que todos migrem para conta corrente e deixe o “dinheiro vivo” de lado.

Em contrapartida, pesa um pouco mais no bolso de quem utiliza esse serviço, devido às taxas cobradas pelas instituições financeiras.

Uma coisa que passa despercebido por todos é a possibilidade de optar em abrir uma conta corrente sem tarifas!

Onde está a lei?

A Resolução de nº 3.518/2007, alterada em 2010 pela resolução nº 3.919, mais precisamente em seu art. 2º fala sobre a vedação aos bancos de executar descontos de taxas cobradas por serviços considerados indispensáveis a pessoas naturais.

Traduzindo, todas as pessoas naturais tem o direito de ter uma conta corrente aberta sem a necessidade de pagar taxas pelo serviço!

As instituições financeiras são obrigadas a oferecer gratuitamente serviços básicos para os seus clientes, segunda as normas desta resolução.

Quais são esses serviços?

  • Até 4 saques mensais;
  • Duas transferências entre contas da mesma instituição financeira;
  • Fornecimento de 2 extratos mensais, um anual;
  • Concessão de 10 folhas de cheque;
  • Acesso ao Internet Banking;
  • Cartão de Débito e segunda vida.

Como fazer esta conta corrente sem tarifa?

Se deseja migrar sua conta atual, ou abrir uma conta corrente sem tarifas, procure a instituição financeira que deseja e diga que você quer uma conta corrente com pacotes essenciais.

Saiba que muitos desses bancos negarão ou dificultarão esse serviço, mas esteja ciente que é uma prerrogativa garantida por lei, e eles devem respeitar isto.

Caso insistam em não atender o seu pedido, solicite um advogado e entre contra a instituição exigindo o seu direito.

Recomendados
Sem Comentários