Nunca o acesso à internet com qualidade foi tão essencial como nos tempos atuais, em que o coronavírus nos obriga a ter distanciamento social. Seja para fins de trabalhar em home office ou mesmo se distrair em meio ao isolamento, é necessário ter um serviço de qualidade.

Porém, muitos vêm reclamando da qualidade do sinal, acreditando que ela está aquém do desejável devido ao controle de operadoras. O que você não sabia é que a baixa receptividade pode estar associada à maneira como as redes de Wi-Fi estão configuradas.

Por isso, venha conosco que vamos lhe auxiliar neste momento.

Evite conectar vários aparelhos à mesma rede

Para minimizar contratempos com as operadoras, que sabemos que são exaustivos, os consumidores podem, antes de tudo, tentar melhorar o sinal. A primeira boa dica é evitar usar muitos aparelhos conectados ao mesmo tempo na mesma rede.

Isso porque cada um “rouba” a banda larga do outro. Imagine só: você tem um mesmo sinal para cinco celulares. Ele se tornará menos eficaz se for entregue somente para um smartphone, por exemplo, não?! Então, fique atento a isso.

Para tal, é bom manter celulares desconectados do Wi-Fi durante o dia, caso eles não estejam sendo usados durante o período de trabalho ou lazer. Assim, seu aparelho não fará downloads automáticos, o que melhorará a qualidade do sinal de sua residência.

Não faça downloads grandes enquanto trabalha

Sabe aquele filme ou jogo que você deseja e deixa “carregando” para usufrui-lo assim que estiver com um tempo livre? Então, é melhor não fazer o download do mesmo enquanto estiver ocupado. Isso porque aplicativos fazem downloads e continuam funcionando em segundo plano mesmo após sua conclusão, o que limita sua banda larga.

Assim, o recomendável é que você baixe (desde que legalmente) músicas, vídeos e jogos durante o período que estiver ocioso.

Tenha repetidores de sinal

Seu modem fica na sala e o sinal fica fraco no quarto, onde ficam seus aparelhos eletrônicos que mais consomem internet? Pois bem, saiba que os repetidores de sinal são ótimos aliados para quem precisa ampliar a área de cobertura do sinal Wi-Fi.

Seu funcionamento é bem simples: o aparelho, basicamente, recebe o sinal do roteador e o amplifica. Há, porém, alguns efeitos colaterais, como diminuição grande de velocidade e alta interferência. Pesquise bastante antes de comprar um modelo.

Verifique seu roteador e os repetidores de sinal

Porém, se ainda assim o sinal não estiver entre os melhores, saiba que o problema pode estar no seu roteador. Procure reiniciá-lo todos os dias para desconectar eventuais conexões que ainda estiverem presas a ele. O mesmo se aplica aos repetidores de sinal.

Reposicione seus aparelhos

Se ainda assim a qualidade do sinal Wi-Fi ainda estiver ruim, tente reposicionar seu roteador para uma área central e aberta de sua residência, garantindo, assim, um maior raio de cobertura. Uma boa dica é colocá-lo o mais alto possível, pois, assim, terá menos interferências de móveis – quanto mais obstáculos, pior pode ser a qualidade da conexão.

Antivírus atualizado

Por fim, antes de ligar para sua fornecedora, saiba que o sinal lento pode ser devido aos malwares instalados no computador. Para ter melhor conexão de internet, o recomendável é que você utilize e atualize sempre um bom programa antivírus, evitando, assim, a propagação de vírus, spam e phishing.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*