A Black Friday Brasil já é uma realidade e muitos consumidores anseiam pelo dia 27 de novembro, quando poderão fazer grandes negócios por preços muito abaixo do habitual.

Porém, o período não é só marcado pelas promoções tentadora, mas, também, por muitos golpes. Não à toa, ficou conhecido “Black Fraude” por alguns brasileiros. Para se ter uma ideia, em 2019, a presença de sites falsos para roubar dados e dinheiro do consumidor cresceu 233% em relação à 2018, além do aumento crescente de reclamações em sites especializados e no Procon.

Abaixo, montamos um guia completo para você evitá-los durante a Black Friday e damos dicas para você evitar pegadinhas, como a “metade do dobro”, tão comum no período.

Pesquise os preços com antecedência

Parece óbvio, mas, sim, é o conselho mais básico que podemos dar. Como a Black Friday virou “Black Fraude” principalmente por conta da velha pegadinha de algumas lojas aumentam os preços apenas para derrubá-los no dia da promoção, nossa dica principal é monitorar os preços ao longo dos dias.

Você pode fazer isso contando com a ajuda de ferramentas online, como o Zoom e o Buscapé. Esse são sites onde você conseguirá fazer uma busca específica sobre um produto, comparando os preços em um único local. Afinal, eles reúnem as melhores condições de sites já confiáveis, oferecendo um comparativo de preços e condições para parcelamento e entrega.

Eles, inclusive, costumam ter promoções especiais em seus sites. Por isso, é interessante todo dia dar uma olhadinha no que estão oferecendo.

Cuidado com sites falsos

Sabe aquele velho ditado de que “quando a esmola é muito, o santo desconfia”? Pois bem, nesse período, vários falsários se aproveitam da ânsia pelas compras e criam portais onde o consumidor é enganado após ser atraído por ótimas ofertas.

Por isso, esteja sempre atento ao histórico de confiabilidade do site e veja se o mesmo possui o selo de segurança em seu navegador.

Confira as condições de trocas e devolução

Uma das reclamações mais comuns dos consumidores é referente aos defeitos ou diferenças que o produto pode apresentar após adquirido. Por isso, ao buscar por um produto, saiba se o site possui uma política rígida de trocas e devoluções, já que o mesmo pode vir com defeitos.

E lembre-se: caso isso ocorra, o Código de Defesa do Consumidor aponta que você tem o direito de fazer a reclamação em até 30 dias. Esse prazo vale para os bens não duráveis, como alimentos e bebidas. Para os bens duráveis, como eletrodomésticos, móveis e roupas, o tempo para reclamar é ainda maior: 90 dias.

O estabelecimento, por sua vez, terá 30 dias para resolver seu problema. Caso não o faça, o consumidor poderá escolher entre um produto similar ao que ele adquiriu, o ressarcimento do valor pago ou o abatimento proporcional do preço.

Avalie o frete

Buscando fechar um bom negócio, muitos consumidores se esquecem de olhar o frete, que pode sair até mais caro do que o produto, se não bem pesquisado. Por isso, fique atento!

Nossa dica aqui é sempre ficar atento ao valor da compra, já simulando seu valor inicial somado à entrega em seu endereço.

O que é a Black Friday Brasil?

Neste ano sendo realizada no dia 27 de novembro, a Black Friday Brasil é apontada como uma oportunidade única para consumidores adiantarem suas compras de Natal com grandes descontos em vários produtos, especialmente em celulares, computadores e demais eletroeletrônicos;

A data tem origem no comércio dos Estados Unidos, onde grande redes varejistas costumam dar grandes descontos após o feriado nacional de Thanksgiving (ou Ação de Graças).

Aqui no Brasil, a Black Friday tornou-se o maior evento do varejo online, muito por oferecer descontos de até 80% no e-commerce, com algumas lojas antecipando o período de cortes de preço no que se tornou o popular “black week”

Quais os sites confiáveis para comprar eletrônicos baratos?

Os grandes sites do varejo, como as Lojas Americanas, Magazine Luiza, Ponto Frio, Amazon e Casas Bahia são as primeiras opções que vêm à mente para comprar eletrônicos de forma segura e barata, uma vez que possuem muita força no mercado e, consequentemente, melhores condições de negociação para revenda de produtos.

Ou seja, vale sempre passar por eles e conferir um produto ou outro que esteja interessado, ainda mais em uma data como a Black Friday.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*