A Black Friday Brasil 2020 já traz empolgação para todo o setor varejista, principalmente o on-line.

Segundo a Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm), a expectativa é que as vendas na data alcancem R$ 6,9 bi de faturamento, o que representaria um crescimento de 77% em comparação ao mesmo período no ano passado.

Segundo o órgão, as categorias mais procuradas para a data devem ser beleza e perfumaria (100%), moda e acessórios (94%), móveis (87%), esporte e lazer (73%), eletroportáteis (73%), brinquedos (68%), telefonia (66%), eletrodomésticos (57%) e eletrônicos (50%).

Essa projeção é reforçada por pesquisa do Google, que indica que 64% dos consumidores compram itens que gostam ou querem, ou seja, que não são necessidade básica, e 50% dizem que comprar on-line alivia o estresse e distrai.

Ainda de acordo com o estudo, com o distanciamento social, os acessos mobile chegaram a 82% neste ano, em comparação com o ano passado, e o volume de buscas por produtos na internet já aumentou 110%, entre os meses de julho a agosto, o que já superou o número alcançado na data em 2019, mesmo com o cenário do retorno das lojas físicas.

Abaixo, vamos lhe dar dicas de como comprar on-line com segurança. Vem conosco!

1 – Evite promoções com preços muito baixos

Quantas vezes você já ouviu que “quando a esmola é muita, o santo desconfia”?

Pois bem, o velho ditado deve ser levado à risca no período, já que ou um site criou uma armadilha para você ou mesmo o produto tem esse preço por um erro de cadastro no site, o que fará com que sua compra seja rejeitada.

2. Promoções recebidas por e-mail

É bom ficar atento às promoções que chegam no seu e-mail. Não que o canal não seja confiável. Nós, do Plusdin, por exemplo, enviamos newsletters para vocês, sempre dando dicas importantíssimas para seu controle financeiro. Porém, é preciso saber se o remetente é confiável.

Por isso, caso receba alguma oferta, olhe sempre a origem da mensagem e para onde ela quer te encaminhar. Veja se o link tem destino dentro do site do remetente (caso ele seja confiável).

3 – Compare tudo para não pagar a “metade do dobro”

A Black Friday virou “Black Fraude” principalmente por conta da velha pegadinha de algumas lojas aumentam os preços apenas para derrubá-los no dia da promoção. Por isso, monitore preços com a ajuda de ferramentas online.

Nossa grande dica é que você conheça o Zoom e o Buscapé. Esse são sites onde você conseguirá fazer uma busca específica sobre um produto, comparando os preços em um único local. Afinal, eles reúnem as melhores condições de sites já confiáveis, oferecendo um comparativo de preços e condições para parcelamento e entrega.

Eles, inclusive, costumam ter promoções especiais em seus sites. Por isso, é interessante todo dia dar uma olhadinha no que estão oferecendo.

4 – Frete muito caro

Na ânsia por fechar um bom negócio, muitos consumidores se esquecem de olhar o frete, que pode sair até mais caro do que o produto.

A dica é sempre ficar atento ao valor da compra, já simulando seu valor inicial somado à entrega em seu endereço.

5 – Produto tem mudança de preço ao pagar

Outra prática comum na “Black Fraude” é no ato do pagamento, o valor total da compra ser maior do que o anunciado. Por isso, fique atento do início ao fim, não deixando se levar pela empolgação na hora da compra.

O que é a Black Friday Brasil?

Neste ano sendo realizada no dia 27 de novembro, a Black Friday Brasil é apontada como uma oportunidade única para consumidores adiantarem suas compras de Natal com grandes descontos em vários produtos, especialmente em celulares, computadores e demais eletroeletrônicos;

A data tem origem no comércio dos Estados Unidos, onde grande redes varejistas costumam dar grandes descontos após o feriado nacional de Thanksgiving (ou Ação de Graças).

Aqui no Brasil, a Black Friday tornou-se o maior evento do varejo online, muito por oferecer descontos de até 80% no e-commerce, com algumas lojas antecipando o período de cortes de preço no que se tornou o popular “black week”

Quais os sites confiáveis para comprar eletrônicos baratos?

Os grandes sites do varejo, como as Lojas Americanas, Magazine Luiza, Ponto Frio, Amazon e Casas Bahia são as primeiras opções que vêm à mente para comprar eletrônicos de forma segura e barata, uma vez que possuem muita força no mercado e, consequentemente, melhores condições de negociação para revenda de produtos.

Ou seja, vale sempre passar por eles e conferir um produto ou outro que esteja interessado, ainda mais em uma data como a Black Friday.

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*