Expor sua marca em um clube de futebol vai bem além de um patrocínio comum. Afinal, esse tipo de investimento traz consigo uma gama de torcedores que unem sua paixão a quem joga junto do seu time do coração.

Não à toa, o futebol brasileiro está repleto de bancos estampando suas marcas nas camisas de suas principais equipes. Dos 20 clubes da Série A do Brasileirão, sete possuem patrocínios de bancos. Isso porque até a publicação desta matéria, Sport e Athletico-PR negociavam a renovação de seus acordos com o banco Digimais, parceiro na última temporada.

Abaixo, listaremos o ranking dessas instituições financeiras que mais investem na maior paixão nacional. Lembrando que foram considerados os valores de patrocínio fixos estabelecidos no contrato.

1 – São Paulo

Parceiro do clube desde 2017, o Banco Inter paga, anualmente, R$ 23 milhões ao São Paulo, sendo o maior patrocínio entre bancos do futebol brasileiro. O tricolor recebe, ainda, 50% das transações feitas pelos torcedores no Cartão Morumbi.

2 – Flamengo

Parceiro do Flamengo desde 2019, o Banco BS2 para ao rubro-negro R$ 15 milhões fixos, além de variáveis como premiações por objetivos conquistados e R$ 10 por cada conta digital totalmente gratuita aberta pela nação rubro-negra, o que dava projeção de mais de R$ 30 milhões anuais.

3 e 4 – Grêmio e Internacional

A dupla Grenal é outra que tem um sólido banco por trás. Desde 2001, o Banrisul ocupa a camisa dos dois principais clubes do Rio Grande do Sul. Atualmente, o banco paga R$ 12,9 milhões anuais para cada um dos times.

5 – Corinthians

Nos mesmos moldes que o rubro-negro carioca, o Corinthians tem como principal parceiro o Banco BMG, que possui uma conta digital exclusiva, a Meu Timão, para seus torcedores, que, além de possuírem todos os benefícios da modalidade, ajudam o clube a aumentar ainda mais o investimento. Em valores fixos, o alvinegro do Parque São Jorge recebe, anualmente, R$ 12 milhões.

6 – Atlético-MG

Tão valorizado quanto o Timão, o Galo possui no BMG seu principal parceiro. O clube recebe R$ 11 milhões fixos, mais bônus, que variam de acordo com o número de atleticanos que abrirem sua conta digital Meu Galo.

7 – Vasco

O Banco BMG também possui uma conta digital exclusiva para torcedores do Vasco, de quem é parceiro. Já são mais de 15 mil vascaínos que aproveitam os inúmeros benefícios da conta digital e ajudam o clube a construir seu CT. Em valores fixos, o Clube da Colina recebe R$ 6 milhões anuais da instituição financeira.

Outros casos

Na Série B, América-MG e Brasil de Pelotas são patrocinados por bancos na Série B. No caso do Coelho, o Banco Semear, que foi fundado em Belo Horizonte, optou por utilizar o espaço do clube para promover a expansão de sua marca. A instituição, inclusive, pretende lançar uma conta digital em breve. Porém, os valores da parceria não foram revelados.

Já em relação aos xavantes, o último balanço fiscal apontava que o clube recebeu R$ 2 milhões em patrocínios totais. Desses, segundo especulações da imprensa local, R$ 1 milhão seria do Banrisul.

Leia Também
> Como Funcionam as Parcerias dos Times do Futebol Brasileiro Com Bancos
> Conheça Os Principais Cartões de Crédito dos Times do Futebol Brasileiro

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*