Para quem não sabe, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é uma conta de emergência criada automaticamente pela Caixa assim que o colaborador começa a trabalhar de carteira assinada. Assim, todos os meses o seu patrão deposita uma porcentagem do seu salário nessa conta, que pode ser sacada apenas em casos específicos.

Normalmente, o saque desse dinheiro guardado só é permitido em ocasiões especiais, mas nos últimos anos, novas políticas econômicas têm sido implantadas no Brasil a fim de movimentar a economia do país, dentre elas, a liberação do saque do FGTS inativo, saque emergencial ou do saque aniversário são as mais famosas.

Mas e se parte do meu FGTS for liberada? O que eu faço com esse dinheiro? Seja apenas com R$ 500 liberados pelo Governo, ou com uma quantia maior, não deixe de lidar com este dinheiro da melhor forma possível. Nesse post vamos te ensinar 5 maneiras de usar seu FGTS de maneira inteligente. Acompanhe!

1 – Pague Suas Dívidas

Antes de gastar seu dinheiro, o ideal seria se livrar primeiro das dívidas pendentes e quem sabe, até conseguir limpar o nome?

Primeiramente, escreva em um caderno tudo o que você deve, e a porcentagem de juros cobrados ao lado para visualizar melhor por onde começar.

Após descobrir qual dívida cobra mais juros, negocie ela com os credores, dê o seu FGTS de entrada e parcele o restante a juros menores, ou um prazo maior. Dependendo do valor da dívida, você consegue até quitá-la com o dinheiro que tem em mãos.

Em meio ao isolamento social causado pela pandemia, também é possível negociar online. São vários bancos e empresas que oferecem esse serviço, como a Plataforma Meu Acerto. Usando a internet é muito fácil comparar os descontos oferecidos pelas credoras e suas opções de pagamento com tranquilidade. Você não tem ideia do quanto pode economizar fazendo este pequeno passo.

2 – Crie Uma Reserva de Emergência

Se por não tem uma dívida você já quer comprar aquela roupa que viu na internet com o dinheiro do FGTS, pedimos pra esperar um pouco. Reveja suas finanças. Você tem um fundo de emergência que pode te auxiliar caso aconteça alguma eventualidade?

Vamos supor que seu carro estrague e o dinheiro está contadinho, ou você fica desempregado. Mesmo com o auxílio do seguro desemprego, a situação financeira está instável, e é sempre bom ter um dinheirinho guardado, caso precise.

Por isso recomendamos que invista seu dinheiro do FGTS em alguma aplicação rentável, que te permita sacar o dinheiro, se tiver algum imprevisto na sua rotina.

As possibilidades são infinitas, desde investir em renda fixa, até mesmo renda variável, dependendo do seu perfil de investidor. Mas não recomendamos deixar esse dinheiro guardado em casa, ou na poupança, pois seu rendimento tem sido muito baixo nos últimos anos.

3 – Invista nos Estudos

Para crescer na carreira, temos que nos aperfeiçoar, e concluir cursos é uma ótima ferramenta para isso. Hoje muitas plataformas oferecem bons cursos online, e você pode conseguir seu certificado sem precisar sair de casa.

Além de ser uma forma de se manter atualizado, se profissionalizar é sempre bom, e enriquece o currículo. Usar seu dinheiro do FGTS nos estudos então, não é visto como um gasto, mas como um investimento, de uma coisa que futuramente te dará bons retornos financeiros.

Nesse quesito, vale tudo: cursos profissionalizantes, novos idiomas, técnicas de trabalho, MBA’s, etc. Procure o que te agrada e pode te trazer mais gratificação nos próximos anos.

Dica extra: Se ainda não sabe que cursos fazer, veja aqui 10 cursos técnicos com ótimos salários.

4 – Reforme Sua Casa

Em sua grande maioria, o FGTS é usado como investimento para a casa própria, então o dinheiro sacado também pode ser uma boa ferramenta para este fim, seja para dar entrada em uma casa, construir ou reformar sua residência.

Estamos falando de reforma, porque o grande diferencial de ter o dinheiro liberado, é que ele pode ser usado para o que o trabalhador quiser, e no Fundo de Garantia você não tem a liberdade de usá-lo para reformar seu lar, por exemplo.

Já ouviu falar do Construcard? É uma linha de crédito exclusiva da Caixa para auxiliar seus correntistas na hora de comprar material de construção e eletrodomésticos para sua casa.

Então, após o saque do seu dinheiro, essa quantia pode muito bem ser usada para abater o financiamento da sua reforma através desse cartão, ou terminar uma obra que já havia começado a um tempo atrás e parado no meio do caminho.

5 – Seja um Empreendedor

Em tempos de crise financeira, uma renda extra ou mais de uma fonte de receita em nossa casa é fundamental. Por isso, usar o saque do seu FGTS para empreender em um negócio próprio pode ser uma boa alternativa.

Nesse caso, esse dinheiro pode ser usado para comprar materiais e equipamentos necessários para começar seu empreendimento, ou se já tiver um, investir em propaganda também pode alavancar suas vendas.

Pense em maneiras criativas de ganhar dinheiro e faça um planejamento em cima disso antes de empreender. Com o lucro do seu negócio, você vai poder cobrir o valor investido e ganhar mais ainda. Sendo assim, empreender definitivamente é uma maneira inteligente para usar seu dinheiro.